sexta-feira, fevereiro 29, 2008

A CADA DIA

EU QUERO SEGUI O MEU CAMINHO
O MEU VIVER
O MEU SONHAR
POIS A MINHA PROTEÇÃO VEM DOS ALTOS CÉUS

O AMOR EM CADA ATO,
DE DENTRO DO MEU SER, QUE ELE DEVE SAIR E SE EXPANDIR
COMO O SOL, QUE NASCE TODAS AS MANHÃS E VAI SE EXPANDINDO,
ASSIM EU QUERO CRESCER

A MINHA VIDA
O MEU SONHO, QUE CRISTO ME DEU
VAI A CADA DIA
A CADA PASSO QUE EU DOU
ME ENSINANDO A AMAR
ME ENSINANDO A VIVER

O MEU CHORO DEVE ME ENSINAR
A AMADURECER E A SER MAIS SÁBIO E FELIZ
POIS COMO UM PÁSSARO NA SELVA, QUERO CRESCER LIVRE E FELIZ
VOAR COMO ÁGUIA
PARA SEGUIR O MEU CAMINHO

POIS O AMOR, QUE VEM DO ALTO
É LIVRE, É BELO, E VERDADEIRO
POIS ESTE AMOR, FOI POR MIM, FOI POR VOCÊ
POR TODOS QUE ACREDITAM
QUE FOI POR AMOR QUE JESUS DEU SUA VIDA

PARA VIVERMOS EM TODA A ETERNIDADE
LOUVANDO E GLORIFICANDO
AO DEUS CRIADOR,
DOS CÉUS E DA TERRA.

GLÓRIA AO ETERNO DEUS

quinta-feira, fevereiro 28, 2008

quarta-feira, fevereiro 27, 2008

A semente do evangelho e a cultura

A SEMENTE DO EVANGELHO E A CULTURA

“IDE POR TODO O MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA” MC 16:15.

NÃO EXISTEM CAMPOS ESPECIFICOS, NEM POVOS, NEM LUGARES, EM QUE SOMENTE ESTES DEVERIAM OUVIR A MENSAGEM DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO.

O PODER DE DEUS PARA REGENERAÇÃO DESTE MUNDO DECAIDO, UMA REVOLUÇÃO PARA A PERDIÇÃO QUE ESTA DESTINADA ESTE MUNDO.

NÃO DEVEMOS OPTAR POR VÃS FILOSOFIAS PARA O EVANGELHO, POIS A SUA RAZÃO É QUE ESTE É PODER DE DEUS, COMO DISSE JESUS EM MATEUS 28:18, PORQUE FOI DADO A ELETODO PODER QUE A NO CÉU E NA TERRA.

E TAL QUAL A ORDENANÇA DELE A NÓS É QUE DEVERÍAMOS FAZER DISCÍPULOS EM TODAS AS NAÇÕES DA TERRA, ATRAVÉS DAS BOAS NOVAS.

LEVAR O EVANGELHO AQUELES QUE NESCESSITAM E TEM SEDE DE JUSTIÇA, E NÃO AQUILO QUE NOSSA CULTURA ENTENDE COMO O MELHOR PARA OS POVOS.

COMO DISSE J. H. BAVINCK:

“CRISTO TOMA EM SUAS MÃOS A VIDA DE UM POVO, RENOVA E RECONSTROI O QUE ESTAVA DISTORCIDO E DETERIORADO...”

HÁ LUGARES EM QUE AS PESSOAS TÊM UM SENTIDO DIFERENTE PARA VIDA CRISTÃ E PARA ADORAÇÃO.

O APOSTOLO PAULO EM SUA PRIMEIRA EPISTOLA AOS CORINTIOS, DEIXA BEM CLARO ESTE SENTIDO E DIFERENCIAÇÃO CULTURAL DE POVOS E LUGARES.

“PORQUE, SENDO LIVRE PARA COM TODOS, FIZ-ME SERVO DE TODOS PARA GANHAR AINDA MAIS E FIZ-ME COMO JUDEU PARA OS JUDEUS, PARA GANHAR OS JUDEUS: PARA OS QUE ESTÃO DEBAIXO DA LEI, COMO SE ESTIVERA DEBAIXO DA LEI, PARA GANHAR OS QUE ESTÃO DEBAIXO DA LEI.

PARA OS QUE ESTÃO LEI, COMO SE ESTIVERA SEM LEI, NÃO ESTANDO SEM LEI PARA COM DEUS, MAS DEBAIXO DA LEI DE CRISTO, PARA GANHAR OS QUE ESTÃO SEM LEI.

“FIZ-ME COMO FRACO PARA OS FRACOS, PARA GANHAR OS FRACOS, FIZ-ME TUDO, PARA TODOS, PARA POR TODOS OS MEIOS CHEGAR A SALVAR ALGUNS”. 1 CORINTIOS 8: 19-22.

PARA LEVAR A MENSAGEM DA SALVAÇÃO EM CADA LUGAR EXISTE UMA CULTURA E UM MODO DE VIDA, COMO NO NOSSO PRÓPRIO PÁIS, UM MESMO LUGAR, MAS COM UMA VARIAÇÃO CULTURAL MUITO GRANDE.

OS POVOS NO NORDESTE TÊM SEUS COSTUMES E QUANTO AOS POVOS DO EXTREMO SUL DO BRASIL, SÃO BEM CONFLITANTES ENTRE SI.

MAS NEM POR ISSO O EVANGELHO NÃO ENTRA NESTAS REGIÕES.

DEVEMOS SER COMO JOÃO HYDE, QUE SOUBE COMO NINGUÉM RESPEITAR A CULTURA INDIANA E GANHOU MAIS DE CEM INDIANOS PARA JESUS.

RESPEITAR UM POVO COM SUAS DIFERENÇAS CULTURAIS É UMA VITÓRIA NA LUTA CONTRA ESTE SÉCULO, PARA LEVAR AS BOAS NOVAS DE CRISTO.


GLÓRIAS AO ETERNO DEUS

Tempos modernos

Vivemos em tempos frios, onde os homens vivem cada vez mais distantes de Deus,·gloriosos de sua soberba e conhecimento
A ciência cada vez mais aposta em uma evolução contraditória, pois eles encobrem sua maior inimiga, que é lei da termodinâmica.
A bíblia nunca foi tão atacada em toda história, como nos dias de hoje, pois todos os meses somos bombardeados, com controversas matérias que colocam em duvida a veracidade da bíblia.
Uma das mais recentes "descobertas", foi o tumulo da família de Jesus, de James Cameron, famoso diretor do filme "Titanic".
Como muitos outros, ganham destaque na imprensa ocidental, qualquer um que coloca em duvida, qualquer veracidade ou personagem bíblico.
José foi dado como místico,
Abrahão como líder de tribo beduína,
Davi foi dado como fictício,
entre muitas outras “provas” que a mídia e a ciência, colocam para o mundo ver e ouvir.

Mas e entre aqueles que têm sua confiança no altíssimo Deus,
sabemos que o mundo não nos certifica quando provamos a veracidade, as provas das existências dos povos através da arqueologia.
Pois a nossa relevância não esta entre os sábios do mundo.
Mas no Deus altíssimo.
E assim devemos prosseguir nosso caminho, pois o mundo nada nos ofecere, a não a discórdia, a mentira, a depravação.
Vivemos em sua sociedade sem Deus.
Mas sigamos como Martinho Lutero, onde a Palavra de Deus queimou em seu coração e apartir da pequena igreja de Wittenberg, ele mudou toda uma geração de cristão e a igreja nunca mais foi à mesma.
Que confiemos cada dia mais na Palavra de Deus, para poder prosseguir neste mundo tenebroso, até a gloriosa volta de nosso Senhor.

Glória ao Deus Eterno
Elessandre Maciel

terça-feira, fevereiro 26, 2008

Pastor Ricardo Gondim

Heresia repensada.
Ricardo Gondim.

Heresia é a pretensa posse do monopólio da verdade por qualquer grupo, igreja, partido político, escola, cultura.

Heresia é a crença de que é possível legislar com leis eclesiásticas a moral pessoal, obrigações legais, negócios, relações conjugais, guerras, paz e comportamento sexual.

Heresia é o esforço de combater os diferentes com censura, intimidação, patrulhamento, rotulação, discriminação ou tortura.

Heresia é a redução da complexidade da vida a um maniqueísmo simplista, tipo: certo, errado; pecador, santo; ortodoxo, apóstata.

Heresia é a tentativa de preservar a literalidade de um texto enquanto se despreza a sua riqueza espiritual, mítica, alegórica. – “a letra mata, o espírito vivifica”.

Heresia é a sutil mistura de nacionalismo e teologia; a cínica ideologização da doutrina para cumprir a agenda do poder.

Heresia é a intolerância que vê os discordantes como inimigos de Deus; uma antipatia que sutilmente contamina os diálogos e inviabiliza os encontros.

Heresia é a defesa de pressupostos que não objetivam a vida, a humanização da história ou o cuidado com os desprotegidos.

Heresia é o pavor do novo; o medo de pensar fora da caixa; a timidez para assumir as convicções; a resistência de não sair da platéia opinativa e descer até a arena da vida.

Heresia é a veneração pelo texto sagrado a ponto de transformá-lo em um ícone.

Heresia é desprezar que a Palavra é arma agudíssima com um potencial devastador; com um poder incalculável de causar o bem ou o mal – a rapinagem de Isabel, a católica, nas Américas e o preconceito calvinista no aparthaid da África do Sul bastam como exemplos de que o mau uso da Bíblia pode ser arrasador.


Soli Deo Gloria.

O filho de Deus

O FILHO DE DEUS

João 6: 68,69

“... Respondeu-lhe, pois Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna.

E nós temos crido e conhecido que tu és o Cristo o Filho de Deus”.

Um dos grandes pontos da fé cristã é a vida eterna, esta somente podemos te-la, com verdadeira e sincera fé, como a confissão do apóstolo Pedro, mesmo suscetível ao medo e imperativo, Pedro tinha a certeza de sua crença que Jesus Cristo era realmente o filho de Deus.

Ao termo “o Cristo” o evangelista João liga “O Filho de Deus” na declaração do propósito de seu evangelho (João 20.31).

O evangelho de João fala muitas vezes do “Filho” sem adjetivo e sem diferença significativa da expressão completa “O Filho de Deus”, Esse uso absoluto é outra maneira de demonstrar o lugar especial de Jesus.

A expressão “Filho de Deus” como titulo messiânico, não é surpresa na Bíblia, pois Jesus o messias freqüentemente é chamado de “Filho de Deus”, diferentemente da entonação messiânica do Evangelho de Mateus, no Novo Testamento.

Às vezes a frase é usada apenas como um titulo messiânico (Lc 4,41, Jo 1.49) em outras ocasiões, o identifica como o Filho de Deus único e preexistente (Gl 4,4; Mt 22. 41-46).

O Filho de Deus é o único advento principal da provisão de Deus pata toda a humanidade, segundo João 3.16 (E Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna).

O Filho de Deus traz salvação pelo amor que Deus tem de sua criação, por isso ele enviou a Jesus Cristo.

O amor de Deus foi sua inspiração para enviar seu filho para toda a humanidade, e é o amor de Jesus para com o Pai e para com os homens, que nos faz ter a certeza da vida eterna e em sua volta gloriosa para levar a sua igreja.

E que por meio dele possamos entrar na presença divina e ter a vitória sobre as paixões do mundo e receber o premio da vida eterna.

Glórias ao Eterno Deus

Caminhos a Seguir

CAMINHOS A SEGUIR

NESTE MUNDO TEMOS UM CAMINHO A SEGUIR

TODOS NÓS TEMOS UMA MENSAGEM APROPRIADA PARA CADA VIDA, CADA CAMINHO QUE SEGUIMOS, NOS LEVA PARA UM DESTINO DIFERENTE.

PROVÉRBIOS DIZ:

“PONDERA A VEREDA DOS TEUS PÉS, E TODOS OS TEUS CAMINHOS SEJAM BEM ORDENAOS” PV, 4:26.

A PALAVRA VEREDA SIGNIFICA LITERALMENTE DIREÇÃO OU RUMO.

PONDERAR A DIREÇÃO DOS NOSSOS PÉS OU A DSEJA ESCOLHER CORETAMENTE OS CAMINHOS QUE VAMOS TRILHAR EM NOSSAS VIDAS.

EM CASA JUNTO DA FAMILIA, NOSSAS ATITUDES EM RELAÇÃO AO TRABALHO E PRINCIPALMENTE OS CAMINHOS QUE TOMAMOS EM RELAÇÃO AO REINO DE DEUS.

VIVEMOS EM TEMPOS EM QUE OS RESULTADOS, VALEM MUITO MAIS, DO QUE OS CAMINHOS QUE TOMAMOS PARA CHEGAR AOS RESULTADOS.

MAS NOSSAS ANDANÇAS DEVEM SER REFLEXAR COM A NOSSA FÉ, POIS JESUS É O SENHOR DE NOSSA VIDA.

O SALMO 25.5 DIZ

“ENSINA-ME AS TUAS VEREDAS... (DIREÇÕES)”

POIS NÃO IMPORTA A NOSSA SITUAÇÃO EM QUE VIVEMOS, O NOSSO ALVO NO CAMINHO DEVEM SER AS VEREDAS DO SENHOR.

SEJA NA ESTRADA DA VITÓRIA, RODEADOS DE LINDOS CAMPOS VERDEJANTES, NÃO IMPORTA.

O MELHOR CAMPO DE CENTEIO É O JARDIM DO SENHOR.

MESMO ENFRENTANDO O DESERTO IMPIEDOSO, ONDE AS VISÕES DO EGITO SÃO IMENSAS, NÃO IMPORTA.

O SIMPLES POÇO DE AGUA É ONDE ESTÁ A BONANÇA DO SENHOR.

PROVÉRVIOS 5.8 DIZ:

“CONSIDERA O SEU CAMINHO E SÊ SABIO”.

QUE GRANDE CONSELHO O REI SALOMÃO ESCREVEU INSPIRADO PELO ESPIRITO DO SENHOR.

FAZER ESCOLHAS CERTAS EM NOSSO CAMINHO NOS TRARÁ A DETERMINAÇÃO CORRETA SOBRE AS NOSSAS VIDAS.

O CAMINHO CRISTÃO NOS DIAS DE HOJE, TEM SE APRESENTADO MUITOS ATALHOS DA GRAÇA DIVINA, MAS A VERDADEIRA DIREÇÃO DO SENHOR, VEM DA PERSEVERANÇA NA FÉ, E NÃO EM UMA SOLUÇÃO MAGICA.

NESTE MUNDO ESTAMOS EM UMA ESTRADA TORTUOSA, E NELA EXISTEM MUITAS CURVAS, DESCIDAS E SUBIDAS E APARACEREM MUITAS PARADAS, DEVEMOS LEVAR A DIREÇÃO AO SENHOR DEUS.

MAS A PERSEVERANÇA NO DESTINO FINAL, NOS ACARRETARA NO CUMPRIMENTO DA PROMESSA E CHEGAREMOS AO FIM DELA VENCEDORES.

NÃO DEVEMOS TOMAR NENHUM ATALHO DE CAIM, OU AS PARADAS DOS FILHOS DA PERDIÇÃO.

MAS FIQUEMOS NOS CAMINHOS QUE DEUS NOS MOSTRA A CADA DIA, POIS SUA VONTADE É PERFEITA.

POIS COMO ESCREVEU O PROFETA OSÉIAS, OS CAMINHOS DE DEUS SÃO PEFEITOS, RETOS E JUSTOS. (OS 14.9)

GLÓRIA AO DEUS ETERNO

ANUNCIAI

ANUNCIAI

“Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos as suas maravilhas” Salmo 93.6 96:3

Qual a maior razão existencial da igreja, em todas as era desde o início da igreja cristã, vemos nascerem e crescerem diversos movimentos em seu meio, uns crescem e se desenvolvem e outros tantos acabam mais rápido quanto começaram.

Diferente de tudo isto esta é a maior razão e obra da existência da igreja, o ide, fazer discípulos, tanto em Jerusalém (Local), Judéia (Nacional), Samaria (Cultural) até os confins da Terra (Missões mundiais), esta é a principal razão de nossa importância como igreja.

Igreja tem seu significado na raiz latina que significa “de dentro para fora”.

Levar a mensagem do evangelho, pelo pode de Deus.

Muito tem se falado sobre missões no Brasil, como grande berço de missionários, mas o enfoque real de missões tem sido deixado de lado.

João Wesley o grande fundador do metodismo deixou uma frase que deveria ser lógica para a liderança da igreja brasileira e para todos nós como cristãos.

“A minha igreja é o mundo”

O Pastor e missionário Jairo de Oliveira, que foi um desbravador brasileiro na África disse:

“Hoje sou pescador, porque pesco homens, sou médico, porque cuido de almas, sou agricultor, porque lanço sementes, Deus tem me dado muitas profissões”.

Poucos são os heróis da fé, que realmente tem feito o trabalho que deverias ser de todos, somos levados a nos perguntar se realmente cremos a na Grande Comissão?

Mas com certeza sabemos ser fiéis aos domingos, em duas horas de culto e o resto do tempo somos o que?

O salmo 99 fala da grandeza de Deus entre as nações e povos da terra, mas fazemos Deus conhecido entre todos os povos?

Milhares no mundo ainda não conhecem a Jesus Cristo, e a igreja tem o dever de fazer Deus conhecido entre os povos.

Devemos anunciá-lo, vive-lo e testemunhas a gloriosa vinda do Senhor.

“Em Jerusalém, Samaria, Judéia e até os confins da terra”.

Glória ao Deus eterno

A IMAGEM GLORIOSA DE DEUS

A IMAGEM GLORIOSA DE DEUS

GENESIS 1:26,26

IMAGO DEI (IMAGEM DE DEUS), termo que designa a singularidade do ser humano como criatura de Deus.

No relato da criação em Genesis Adão e Eva são mencionados como criados a imagem d semelhança de Deus.

A Imago Dei, não expressa unicamente à imagem física humana, mas o relato preciso da vontade e presença divina na terra.

Estas eram as principais prerrogativas da imagem e semelhança de Deus em suas criaturas.

“E disse Deus façamos o homem a nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus e sobre o gado, e sobre as aves dos céus e sobre todo réptil que se move sobre a terra.

E criou Deus o homem a sua imagem, a imagem de Deus o criou; macho e fêmea os criou” (Gn. 1: 26,27)

A Imago Dei, expressa claramente a idéia que somente os humanos foram criados a semelhança divina, pela capacidade de amar, agir e pensar.

Cristo é a maior imagem e semelhança de Deus e de sua vontade.

Pois ele mesmo disse quando esteve na terra, que ele e o Pai eram um.

A grande expressão de ser a imagem do Deus Onipresente, é que todo aquele que esta em Cristo Jesus seja a imagem expressa de Deus na terra, esta é a grande vontade divina.

Glória ao Deus eterno.

A Comunhão com Deus

A COMUNHÃO COM DEUS

HEBREUS 10:22

“Cheguemo-nos com verdadeiro coração. Em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência, e o corpo lavado com água limpa”.

Adoração e vida cristã de um coração verdadeiro, isto é, com total sinceridade de propósito, e deve se basear-se em uma garantia do poder de justificação do sangue de Cristo (Rm 5.1).

“A verdadeira descoberta não consiste em divisar novas terras, mas em ver com novos olhos” Marcel Proust.

Ver a mesma vida com os olhos espirituais que Cristo nos abre, através de seu amor.

Amor e comunhão com Deus são em verdade como diz a frase popular:

“Alguém orou “Deus tenha misericórdia dos perdidos”, e a resposta de Deus foi singular “Já tive misericórdia; agora você precisa ter”.

O que é viver em comunhão?, É que nenhum de nós é tão bom, quanto todos nós juntos “A.D.

Comunhão com Cristo e a igreja, para receber o poder do espírito, através da oração. O grande filósofo Blaise Pascal disse “Deus criou a oração para nos dar o sabor do que significa ser um criador”.

Devemos nos fazer conhecer e manifestar a Deus em oração, levando nossas angustias, aspirações e confissões diante do Deus eterno.

E ele sempre terá a resposta, nos Dara alegria e força, sobre as nossas vidas, derramara todas as benções prometidas em sua Palavra.

Abrir o coração para uma vida de comunhão diária com Deus, com a família e com a igreja, é a certeza de uma vida vitoriosa.

A caminhada com Cristo tem muitas dificuldades, mas com perseverança e esperança na vitória, com a certeza da recompensa, pois Cristo sempre nos Dara a força para prosseguir nesta caminhada.

Glória ao Deus eterno

Angeologia

ANGEOLOGIA

O TÉOLOGO MILLARD ERICKSON RELACIONA CINCO BENEFÍCIOS ALCANÇADOS POR QUEM ESTUDA ESTE TEMA.

1-Conforta-nos saber que existem inúmeros seres espirituais poderosos prontos para nos auxiliar (2RS 6:17)

2-A adoração dos anjos nos mostra como devemos adorar a Deus (Ap. 4:8-11)

3-O fato de alguns anjos terem caído nos adverte que devemos vigiar para não cair da fé (1Co 10:12)

4-A realidade dos anjos caídos nos alerta para as maneiras como podemos ser tentados (Mt.4:1-11)

5-Apesar de satanás e seus anjos serem poderosos, conforta-nos saber que são limitados naquilo que podem fazer (Jó 1-2)

O QUE SIGNIFICA A PALAVRA ANJO?

A Palavra Hebraíca usada no Antigo Testamento é MAL´AK, que significa “mensageiro” ou “representante”. Essa palavra aparece no nome do profeta MALAQUIAS, “meu mensageiro”, indicando um mensageiro enviado por Deus do grego “ANGELUS”.

Em ambas as línguas esta palavra pode ser usada tanto para referir-se aos mensageiros celestiais, como aos humanos para fazer tal distinção, Jerônimo, ao traduzir a Bíblia ao latim, utilizou-se do termo “nuntio” para nomiar os mensageiros meramente humanos.

DO HEBRAÍCO: MA´AK, MAL´AKH

DO GREGO: ANGELUS, ANGELOS E AGGELOS.

Todas estas palavras significam mensageiro.

OS ANJOS

1-SUA NATUREZA

(A)-Criaturas- isto é seres criados. Foram feitos do nada pelo poder de Deus. Não conhecemos a época exata de sua criação, porém sabemos que antes que aparecesse o homem, já eles existiam, havia muito tempo, e que a rebelião daqueles sob satanás já se havia registrado, deixando duas classes:- os anjos bons e os anjos maus. Sendo eles criaturas, recusam a adoração (Ap. 19:10; 22:8-9) e ao homem, por sua parte é proibido adorá-los.(Col. 2:18)

(B)- Espíritos- Os anjos são descritos como espíritos, porque, diferentes dos homens, eles não estão limitados às condições naturais e físicas. Aparecem e Desaparecem à vontade, e movimentam-se com uma rapidez inconcebível sem usar meios naturais. Apesar de serem puramente espíritos tem o poder de assumir a forma de corpos humanos a fim de tornar visível sua presença aos sentidos do homem (Gn. 19:1-3)

(C)- Imortais, isto é , não estão sujeitos à morte. Em Lucas 20:34-36, Jesus explica à aos saduceus que os santos ressuscitados serão como os anjos no sentido de que não podem mais morrer.

(D)- Numerosos- As escrituras nos ensinam que seu número é muito grande “milhares de milhares” serviam, e milhões de milhões (Dn. 7:10) “mais de doze legiões de anjos” (Mat. 26:53) “multidão dos exércitos celestiais” (Lc. 2:13) “e aos muitos milhares de anjos” (Hb. 12:22). Portanto, seu criador e mestre é descrito como o “Senhor dos exércitos”.

(E)- Sem sexo. Os anjos sempre são descritos com varões, porém na realidade não tem sexo; não propagam a sua espécie (Lc. 20:34-35)

HB. 1:14:-

NÃO SÃO TODOS ELES ESPÍRITOS MINISTRADORES, ENVIADOS PARA SERVIR A FAVOR DOS QUE HÃO DE HERDAR A SALVAÇÃO.

OS ANJOS PROTEGEM AS NAÇÕES?

Os anjos protegem cidades ou países inteiros? A Bíblia chama Miguel de “o grande príncipe” que protege os filhos de Israel (Dn. 10:21; 12:1). Em Apocalipse, Jesus Cristo envia sete mensagens aos anjos das sete igrejas na Ásia Menor, provavelmente dando a entender que esses anjos vigiam sobre congregações inteiras (Ap. 1:20; 2:1-8-12-18; 3:1-7-14). O livro de Daniel menciona o “Príncipe da Pérsia” e o “Príncipe da Grécia”, que parecem ser anjos que vigiam esses dois Países.

A Palavra do Novo Testamento “Principados” pode referir-se a esses príncipes angélicos das nações; e o termo é usado tanto para os anjos bons como para os anjos maus (Ef. 3:10; Col. 2:15; Ef. 6:12)

Existe assim uma clara evidência da supervisão dos anjos nas nações, pois eles executam inúmeras atividades na terra. Cumprindo as ordens de Deus.

EX. 14:19- Então o anjo de Deus , que ia adiante do exército de Israel, se retirou e se pôs atrás deles. Também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás. (Ex. 23:20; 1Rs 19:5)

SL. 91:11- Pois aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos (Is. 63:9; Dn. 3:28)

OS TIPOS DE ANJOS

Uma vez que Deus é um Deus de ordem, devemos esperar que seus anjos existam num estado de ordem.

QUERUBIM- KERUVIM, plural de KERUV; Strong 03742: Um ser celestial representado por figuras de ouro esculpidas sobre a área do Testemunho. KERUV pode estar relacionado com um verbo acádico, que significa “Abençoar, Louvar, Adorar”. Os KERUVIM são mencionados 90 vezes no AT, em GN, EX, NM, 1 e 2sm, 1 e 2RS, 1 e 2CR, SL, IS e, especialmente Ezequiel (mais de 30 vezes). Os KERUVIM foram vistos desde o tempo de Adão até o período de Ezequiel. Ver a descrição em Ez. 10. Persiste a idéia de que KERUV significa “o anjo que cobre” (Ez. 28:14). Um KERUV cobre, de fato, como fica explícito em Ex. 25:20 (comparar com os dois anjos que fitam um ao outro, que cobriram e guardaram o Senhor da Glória, quando o seu corpo repousava tranquilamente na morte, Jo 20:12)

EX. 25:18- Querubins- eram seres angelicais associados com a guarda e sustento do trono de Deus. E lês estavam ligados ao culto ao Deus Todo-Poderoso.

Anjos responsáveis por zelar pela santidade divina (Gn. 3:24). São eles que sustentam o trono de Deus, vindicam total e completa reverência diante do ser supremo (Is. 37:16)

SERAFIM-

Uma ordem de anjos, somente mencionada na visão de Isaias (6:2-6). São descritos como seres humanos.

1-SERAFINS, SERAPHIM, plural de SERAPH, Strong- 08314; Um ser angelical voador, de fogo, ágil e voadora, provavelmente uma serpente voadora. A raiz é o verbo SERAPH, “Por fogo queimar”. Dessa maneira os SERAPHIM podem ser anjos de cor ou aparência de fogo ou de labaredas em movimento ou clarões. Apenas em Is. 6:2 a palavra aparece como “serafins”; em todas as outras cinco ocorrências (NM 21:6-8; Dt. 8:15; Is. 14:29; 30:6) é traduzida como “serpente ardente voadora” é citada juntamente com escorpiões e áspides. Talvez a cor ou o movimento das serpentes ardentes terrestres assemelhe-se com o dos anjos ardentes.

2-O ministério dos serafins está intimamente ligado ao trono e ao louvor de Deus. Eles são constantemente vistos glorificando a Deus- exaltando a sua natureza e seus atributos e, aparentemente, supervisionando a adoração no céu. É possível que os serafins sejam os anjos adoradores do SL. 148:2, embora eles não sejam especificamente identificados como tais. Ao passo que os querubins estão posicionados junto e ao redor do trono de Deus (SL. 99:1; Ap. 4:6), os serafins de seis asas são vistos pairando sobre o trono enquanto eles ministram em adoração.

A palavra serafim significa literalmente “ardentes”.

Louvavam a santidade e a glória do Senhor dos Exércitos com tanto vigor que as bases do limiar se moveram e o santo lugar se encheu de fumaça, enquanto desempenhavam seu ministério de expiação.

ANJOS ELEITOS:

Em 1Timóteo 5:21 Paulo menciona “anjos eleitos”. Alguns identificam esses anjos com os espíritos que não caíram junto com satanás. Em que sentido isso os torna eleitos? Será que alguns anjos foram predestinados para não cair, em oposição aqueles que Deus permitiu que caíssem? Alguns anjos mereceriam condenação antes mesmo de sua queda para fazer que Deus parecesse misericordioso dando graça a alguns e outros não? Devemos evitar a idéia de que os anjos são eleitos da mesma maneira que os seres humanos; não parece que Deus tenha um plano de redenção para anjos.

Denominam-se assim os anjos que quando da rebelião de satanás, guardaram a sua fidelidade ao Senhor dos Exércitos.

Foi exatamente nesta quadra da história celeste, que venceram eles a sua maior prova. A partir daí, passaram a ser tratados de “anjos eleitos”. Vê-se ,pois, que não foram criados para serem eleitos; mas, tornaram-se eleitos por todos os intuitos que formavam o livre-arbítrio.

São provavelmente aqueles que permaneceram fiéis a Deus durante a rebelião de satanás (1Tm. 5:21; Mat. 25:41).

ANJOS DA GUARDA

Anjos da guarda cuidam de nós.

Cada um de nós tem os seus próprios anjos da guarda. O Dr. Billy Graham, observando o plural neste texto concluiu que cada crente deve ter no mínimo dois anjos designados a protegê-lo. O Sl. 91:4 fala de Deus “cobrindo-nos com as suas penas” e menciona que estamos sob suas “asas”. Visto que Deus não tem penas ou asas, alguns sugerem que essas penas e asas se referem às asas de nossos anjos da guarda, os quais, para nos proteger, nos encobrem para que não caíamos, nos percamos ou tropecemos para dentro de perigos desconhecidos no campo espiritual invisível.

A expressão “anjo da guarda” não aparece nenhuma vez na Bíblia. Muitas passagens Bíblicas citadas para apoiar essa idéia apenas afirmam a providência geral de Deus de proteger seus santos enviando anjos. Duas passagens, porém, parecem apoiar a idéia dos anjos da guarda: Em Atos, os Cristãos confundiram Pedro com “seu anjo” At. 12:15); em Mateus Jesus disse: “não desprezeis a qualquer destes pequeninos; porque eu vos afirmo que os seus anjos nos céus vêem incessantemente a face do meu Pai celeste” (Mt. 18:10).

AT: 27:23- Esta mesma noite a anjo de Deus, de quem eu sou e a quem sirvo esteve comigo”.

HEBREUS 1:14- Deixa bem claro a função ministradora dos anjos, servir, guardar, proteger segundo a vontade soberana de Deus, sendo assim concluímos que existem anjos que “Guardam” à todo santo que herdará a salvação e não proteger continuamente mas sim, segundo a vontade soberana de Deus.

ARCANJOS:- (O termo grego arche significa “chefe “ ou “príncipe” ).O único texto bíblico que específica o status de Miguel (que significa “Quem é como Deus”? ) como um arcanjo é Judas 9. Reconhecemos a autoridade de Miguel em Apocalipse 12:7-9, onde ele e um exército de anjos lutam contra o diabo e seus anjos e os derrotam. Também o encontramos sobrepujando o poder de outro ser espiritual chamado de “príncipe da Pérsia” em Daniel 10:13. Todavia, Miguel não é o único arcanjo. No mesmo versículo de Daniel ele é chamado “um dos primeiros príncipes”, dando a entender que existem outros como ele. Miguel toma conta dos filhos de Isrsael (Dn. 10:21; 12:1)

O termo arcanjo só ocorre duas vezes nas escrituras (1Ts. 4:16; Jd. 9), mas há outras referências para ao menos um arcanjo, Miguel. Ele é o único a ser chamado de arcanjo e aparece comandando seus próprios anjos (Ap. 12:7) e como príncipe do povo de Israel (Dn. 10:13-21;12:1). A maneira pela qual Gabriel é mencionado também indica que ele é de uma classe muito elevada. Ele está diante da presença de Deus (Lc. 1:19) e a ele são confiadas as mensagens de mais elevada importância com relações ao reino de Deus (Dn. 8:16;9:21).

ANJOS

A Bíblia nos dá uma lista bem grande de habitantes da dimensão espiritual do cosmos, mas há muito pouca descrição de itens em particular. O propósito deste livro não é detalhar as forças e entidades do mundo espiritual, nem seria sábio especular sobre sua constituição, pois as Escrituras não entram neste tipo de detalhe. No entanto, uma pequena lista dos diferentes tipos de seres que habitam o segundo céu será algo bastante proveitoso.

Daquilo que podemos depreender da Bíblia, o segundo céu é povoado principalmente por anjos. Muito embora tenha sido dada muita atenção aos anjos nos últimos tempos, além de atribuir a eles, de maneira duvidosa, certas ações, muito pouco se sabe sobre eles. São espíritos ministradores cuja presença interfere em nossa dimensão dos cosmos do mesmo modo que uma chama ou um vento afetam outras coisas (ver Hebreus 1:7). Apesar de serem fisicamente intangíveis em nosso mundo, eles podem afetar nossas vidas e nosso mundo.

Anjos são representantes de Deus que trazem revelação e interpretação de visões espirituais, assim como mensagens, do mundo espiritual para as pessoas. É por isso que os chamamos de anjos ( da palavra grega angelos, cujo significado é “mensageiro”). Eles podem chamar as pessoas estando no segundo céu (ver Gênesis 22:11). Em algumas situações eles aparecem às pessoas em sonhos, como aconteceu com Jacó (ver Gênesis 31:11), ou como o anjo que avisou José para ir ao Egito para proteger o menino Jesus (ver Mateus 2:13).

ANJOS

Quantos anjos existem?

Embora as escrituras não nos dêem o número de anjos que Deus criou, é aparentemente um grande número. Lemos que Deus no monte Sinai “veio das miríades dos santos; à direita, havia para eles o fogo da lei” (Dt. 33:2). Também sabemos que “os carros de Deus são vinte mil, sim, milhares de milhares” (Sl. 68:17). Quando adoramos, nos achamos na presença de “incontáveis hostes de anjos” (Hb. 12:22). Seu número é ainda mais assombrosamente enfatizado em Apocalipse5:11, onde declara João: “Vi e ouvi uma voz de muitos anjos ao redor do trono, dos seres viventes e dos anciões, cujo número era de milhões de milhões e milhares de milhares”. A Palavra grega para “milhares de milhares” (myrios) que aparece nesta passagem mais provavelmente indica um número de anjos grande demais para contar pelos meios comuns.

As escrituras tratam deste assunto com muita seriedade, a ponto de dar a melhor definição de quem sejam os anjos.

E m HB. 1:14-

“Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor dos que hão de herdar a salvação”?

Martinho Lutero, o reformador, expressou isso parafraseando Hebreus: “O anjo é uma criatura espiritual sem corpo, criada por Deus para o serviço da cristandade e da igreja”.

ANJOS

Podemos dar a anjos a seguinte definição: anjos são seres criados dotados de juízo moral e alta inteligência, mas desprovidos de corpos físicos.

Como os anjos são “espíritos” (Hb. 1:14) ou criaturas espirituais, normalmente não tem corpos físicos (Lc. 24:390). Portanto em geral não podemos vê-los, a menos que Deus nos dê a capacidade especial de enxergá-los (Nm. 22:31; 2Rs. 6:17; Lc. 2:13). São invisíveis nas suas atividades normais de nos guardar e proteger (Sl. 34:7; 91:11; Hb. 1:14), e de se unir a nós na adoração a Deus (Hb. 12:22). Contudo de quando em quando os anjos assumiam uma forma corpórea, aparecendo a diversas pessoas das escrituras (Mt. 28:5; Hb. 13:2)

Outros nomes dos anjos :

As escrituras por vezes usam outros termos para denominar os anjos como “filhos de Deus” (Jó 1:6; 2:1), “santos” (Sl. 89:5-7), “espíritos” (Hb. 1:14), “vigilantes” (Dn. 4:13-17-23), “tronos”, “soberanias”, principados”, “potestades” (Cl. 1:16) e “poderes” (Ef. 1:21)

Outros tipos de seres celestiais :

As escrituras dão nome a outros três tipos de seres celestiais. Quer os consideremos tipos especiais de “anjos” (num sentido mais amplo do termo), quer seres celestiais distintos dos anjos, são de qualquer modo criaturas espirituais que servem a adoram a Deus.

A: Os Querubins (ver Querubins)

B: Os Serafins (ver Serafins)

C: Os seres viventes Ezequiel e Apocalipse nos falam de ainda outros tipos de criaturas celestiais, conhecidas como “seres viventes”, que circundam o trono de Deus (Ez. 1:5-14;Ap. 4:6-8). Com os seus semblantes de Leão, Boi, Homem e Águia, representam os seres mais poderosos de partes diversas de toda a criação divina (animais selvagens, animais domésticos, seres humanos e pássaros) e adoram a Deus continuamente.

AS PESSOAS TEM ANJOS DA GUARDA INDIVIDUAIS?

As escrituras claramente nos dizem que Deus envia anjos para nos proteger: “Aos seus anjos dará ordens a teu respeito, para que te guardem em todos teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra” (Sl. 91:11-12). Mas algumas pessoas foram além dessa idéia de proteção geral e perguntam se Deus não concede um “anjo da guarda” para cada pessoa do mundo, ou pelo menos cada cristão.

A crença em anjos da guarda não é nova. Os antigos pensadores do mundo grego e romano, como Platão, Menandro, Plutarco e Plotino acreditavam nos guardiões espirituais, assim como os escritores babilônicos e assírios.

As tradições judaicas antigas afirmavam que todas as pessoas tinham um anjo da guarda (Jubileu 35-17, Filo de Gigantibus 12, Tobias 5.4)

Muitos pais da igreja criam em anjos da guarda, mas discordavam quanto à função deles.

O Pastor de Hermas (Fls. 140.155). Jeronimo

A expressão anjo da guarda não aparece nenhuma vez na Bíblia.

Há pouca evidência Bíblica de que anjos invisíveis guardam diariamente nossos caminhos. Mt. 18:10 descreve anjos que vigiam e talvez intercedam por nós nos céus, mas não encontramos nenhuma evidência de que tais anjos invisíveis estão ao nosso redor para nos proteger continuamente.

Deus nos prometeu trabalhar “para o bem daqueles que o amam” (Rm. 8:28). Devemos nos lembrar das palavras de nosso Senhor.

“...NO MUNDO TEREIS AFLIÇÕES, MAS TENDE BOM ÂNIMO POIS EU VENCI O MUNDO”. Jo. 16:33.

NOTAS:

1-Em Hebraíco a palavra cherub é , singular, enquanto a forma plural é cherubim.

2-A palavra Hebraíca Seraph é singular, enquanto Seraphim é plural.

- ANJOS –

Esta não é uma apresentação exclusiva:

-ANJOS NA BÍBLIA

EM GÊNESIS

16:7, 19:1, 21:17, 22:11, 24:7, 28:12, 32:1, 48:16,.

EM EXÔDO

3:2, 14:19, 23:20,.

EM NÚMEROS

22:23, 22:24,.

EM JUÍZES

6:11, 13:3,.

EM 1SAMUEL

29:9,.

EM 2SAMUEL

19:27, 24:16,.

EM 1REIS

13:18, 19:5,.

EM 2REIS

1:3, 19:35,.

EM 1CRÔNICAS

21:15,.

EM SALMOS

34:7, 35:5, 91:11, 103:20, 148:2,.

EM ECLECIASTES

5:6,.

EM ISRAEL

63:9,.

EM DANIEL

3:28, 6:22,.

EM OSÉIAS

12:4,.

EM ZACARIAS

1:9, 3:1, 4:5,.

EM MATEUS

1:20, 4:6, 4:11, 13:39, 13:41, 16:27, 18:10, 22:30, 24:31, 24:36, 25:31, 25:41, 26:53, 28:2,.

EM MARCOS

1:13,.

EM LUCAS

1:11, 2:9, 2:10, 2:13, 12:8, 15:10, 16:22, 20:36, 22:43, 24:23,.

EM JOÃO

1:51, 5:4, 12:29, 20:12,.

EM ATOS

5:19, 6:15, 7:53, 8:26, 10:3, 12:7, 23:8, 27:23,.

EM ROMANOS

8:38,.

EM 1CORÍNTIOS

4:9, 6:3, 13:1,.

EM 2CORÍNTIOS

11:14,.

EM GALÁTAS

1:8,.

EM COLOSSENCES

2:18,.

EM 2TS.

1:7,.

EM TIMÓTEO

3:16, 5:21,.

EM HEBREUS

1:4, 1:7, 2:2, 2:7, 2:16, 12:22, 13:2, ,.

EM 1PEDRO

1:12, 3:22,.

EM 2PEDRO

2:4, 2:11,.

EM APOCALIPSE

1:20, 5:2, 5:11, 7:1, 7:2, 7:11, 8:2, 9:14, 10:1, 12:7, 14:6, 15:1, 15:6, 16:5, 18:21, 19:17, 21:12, 22:8, 22:16.

Aparecimento e comunicações de anjos: A Agar, Gn. 16:7. A Abraão, Gn. 18:2; 22:11-18. A Ló, Gn. 19:1-17. A Jacó, Gn. 28:12; 32:1. A Móises, Êx. 3:2. Aos israelitas, Êx. 14:19; Jz. 2:1. A Balaão, Nm. 22:31. A Josué, Js. 5:15. A Gideão, Jz. 6:11-22. A Manoá, 13:6; 15:20. A Davi, 2Sm.24:16-17. A Elias, 1Rs. 19:5. A Ezequiel, Ez. 1. A Daniel, Dn. 6:22. A Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, Dn. 3:25. A Zacarias, Zc. 2:3. A J osé, Mt. 1:20. A Zacarias, Lc. 1:11. Aos pastores, Lc. 2:9-13. A Cristo, Mt. 4:11. Aos enfermos do tanque de betesta, Jo 5:4. Às mulheres no sepulcro, Mt. 28:2-5. Aos discípulos na ascensão, At. 1:10. A Pedro e João, At. 5:19. A Felipe, At. 8:26. A Pedro, At. 12:7. A Cornélio, At. 10:3. A Paulo, At. 27:23. A João, Ap. 1:1.

QUANTOS ANJOS EXISTEM?

Não sabemos o número exato de anjos. Em Apocalipse, o número de anjos, que adoram diante do trono de Deus é de “milhões de milhões e milhares de milhares” (Ap. 5:11-13).

HEBREUS 12:22 “muitos milhares de anjos” indicam que o número de anjos é incalculável.

A s escrituras nos ensinam que seu número é muito grande. “Milhares de Milhares o serviam, e milhões de milhões (Dn. 7:10)”. “Mais de doze legiões de anjos” (Mt. 26:53) “Multidão dos exércitos celestiais (Lc. 2:13)”. “E aos muitos milhares de anjos” (Hb. 12:22), portanto seu criador e mestre é descrito como o “Senhor dos exércitos”.

O MINISTÉRIO DOS ANJOS

1-Cinco aspectos do ministério dos anjos em Sl. 103:20-21. Os anjos existem para servir a Deus de cinco maneiras, pelo menos.

2-Variedade na aparência dos anjos como em Jz. 13:6. Desde a sua criação e ordem os anjos aparecem em diferentes formas.

3-Estrutura organizada no mundo dos anjos como em Cl. 1:16. Os anjos constituem numa variada sociedade estruturada em vários níveis de forma e autoridade de acordo co a ordem criadora de Deus.

4-Os anjos tem influência sobre as nações como em Dn. 10:13.

5-Anjos mensageiros como em At. 8:26 os anjos são ativos no reino de Deus sobre esta terra como mensageiros.

6-Anjos que guardam cada um de nós como em Sl.91.11-12.

7-O anjo do Senhor é adorado como em Ex. 3:2-4. O Senhor Jeová é referido como o “Anjo do Senhor” sendo, portanto adorado.

8-Jesus e os anjos em Ap.1:1, Jesus esta diretamente associado com os anjos por ocasião do seu nascimento nos quarenta dias de jejum, em sua agonia na noite em que foi traído, na Ressurreição, na ascensão e na Segunda Vinda.

9-Anjos Caídos- Ap. 12:7-9. A mente e a compreensão dos anjos caídos foram tomadas por grande engano, tornando-os instrumentos da rebelião de satanás.

10-Espíritos ministradores Hb. 1:14. Os anjos são Espíritos ministradores que fazem progredir o ministério de Jesus e da sua igreja.

11-Os Serafins – Is. 6:2. Os Serafins estão constantemente glorificando a Deus, supervisionando a adoração celestial e pairando sobre o trono de Deus.

12-Os Querubins – Gn. 3:24. Os Querubins guardam o trono de Deus e estão diretamente relacionados com a presença e retirada da glória de Deus.

13-Os arcanjos – Jd. 9. Arcanjo significa “ser o primeiro (na Hierarquia ou Poder Político)” e representa o mais alto grau na Hierarquia das Hostes Celestiais.

14-Lúcifer (Is. 14:12-14). Satanás era uma vez um anjo. Ele sucumbiu ao orgulho e articulou cinco declarações do tipo – “eu serei...!” contra Deus, que receberam igualmente cinco fortes reações da parte do Senhor.

15-Crentes acompanhados por anjos- Lc. 16:22. Os anjos acompanham os fiéis na presença de Deus por ocasião da sua morte e os congregam diante de cristo por ocasião do seu retorno.

OS ANJOS

1-Os anjos são espíritos- Assim com Deus, os anjos são espíritos (essenciais, invisíveis e imateriais) não-limitados pelas restrições físicas impostas as seres humanos (Hb. 1:14, comparado a Jó 4:15-16). Por esta razão nunca morrem (Lc. 20:36).

2-Os anjos são seres sobre-humanos. Os anjos são sobre-humanos porque possuem capacidades maiores que as dos seres humanos. Podem abrir portas de prisões para libertar prisioneiros (At. 5:19; 12:5-11), transmitem mensagens da parte de Deus (At. 10:3-4; 23:9; 27:23) e trazer castigo físico sobre os ímpios (At. 12:23).

3-Os anjos são seres pessoais. Diferentemente dos terremotos, dos tornados, da eletricidade e de outras forças impessoais, os anjos são pessoas: Tem intelecto, emoções e vontade co relação ao intelecto, eles possuem sabedoria e podem discernir entre o bem e o mal, (2Sm 14:17-20;19:27).

4-Os anjos são seres santos, (Dn. 4:13; Ap. 14:10).

5-Os anjos não são Deuses, (Gl. 4:8). Os anjos são inferiores a Deus e não tem os atributos divinos de eternidade, onipotência (todo o poder), onisciência (todo o conhecimento) e onipresença (presente em todos os lugares).

SALMO 91:11- “POIS AOS SEUS ANJOS DARÁ ORDEM A TEU RESPEITO, PARA TE GUARDAREM EM TODOS OS TEUS CAMINHOS”.

Que Deus possa nos dar a sua infinita sabedoria para estes tempos do fim, pois os anjos são seres criados para adorar a Deus, servirem a Deus e aos seus santos.

BÍBLIOGRAFIA

1-Bíblia de referência Thompson (Ed. Vida 2002).

2-Bíblia de Estudo Plenitude (SBB) 2001.

3-Bíblia de Estudo de Genebra (SBB) 1999.

4-Pequena Enciclopédia Bíblica – Orlando Boyer (Ed. Vida). 27 Impressão 1999.

5-Dicionário Bíblico Universal – Buckland. Ed. Vida – 15 Impressão 1999.

6-Conhecendo as doutrinas da Bíblia – Myer Pearlman – Ed. Vida 28 Impressão 1999.

7-99 Perguntas sobre Anjos, Demônios e Batalha Espiritual – B.J. Oropeza – Mundo Cristão – 2000.

8-Dicionário Teológico – Claudionor C. Andrade CPAD - 1998.

9-Anjos – Marlynn C. Webber – Ed. Vida – 1997.