quinta-feira, dezembro 04, 2008

A FRAQUEZA DE UM SER-HUMANO

Quanto um homem consegue ser aquilo que suas palavras fazem e seu coração sente e o que reflete de sua vida em suas reais atitudes.
Muitas vezes somos meros repetidores de ideais e pensamentos que não conseguimos refletir em atos quotidianos.
O Apóstolo Paulo escreveu sinceramente algo que muitos lideres e cristãos em suma não conseguem assumir, enfaticamente as suas fraquezas.
Pois ele mesmo assumiu que era incapaz de fazer a vontade divina, mas podia se perder facilmente na vontade humana, pois temos um coração corruptível.
"Pois aquilo que quero não faz, mas o pecado abunda em mim, este não quero, mas é o que eu faço.
Assim é muitas vezes o comportamento humano independente do seu conhecimento, idade ou experiência de vida.
Principalmente em uma geração que ama o pecado, e uma sociedade que cada vez mais questiona a existência de Deus.
E infelizmente é uma cultura que está criando raízes na sociedade moderna e influenciando até alguns cristãos, que tem se deixado levar pelo cepticismo secular.

Muitas vezes somos impotentes e incapazes de mudar, não por falta de vontade, porque quando fazemos algo errado, ficamos tristes, mas nunca tomamos atitudes verdadeiras com nós mesmo.
Até por medo de mudar, sim o ser-humano tem medo e vontade de mudanças, até mesmo aqueles que nos podem fazer o bem.

Que busquemos refugio e refrigério, no Senhor do alto, pois somente com a força que vem do alto, poderemos transformar nossas vidas, em um abundante rio de vida.

segunda-feira, dezembro 01, 2008

O MUNDO, UM CLAMOR DE DENTRO DA IGREJA

“Senhor Deus da minha salvação, diante de ti tenho clamado de dia e de note, Chegue a minha oração perante a tua face, inclina os teus ouvidos ao meu clamor”. Salmo 88 versos 1 e 2.

Diante dos males deste mundo, o clamor e a espiritualidade podem ser o refugio diante de Deus para prosseguir o caminho nestes dias.
Quanto estamos dispostos a se distanciar das paixões do mundo, para sermos realmente um verdadeiro sal, para os povos e luz para nações.
A maior necessidade de a personalidade humana conhecer a Deus, e esta experiência deve ser pessoal e experimental

Vivemos em tempos de intolerância de todas as formas existentes, seja intolerância religiosa, racial, econômica, etc.
A grandiosidade da humanidade hoje e a pressa e as soluções rápidas e isto se tem visto dentro da igreja a mudança de foco e a falta de valores.
"Vois sois a luz do mundo..." Mateus 5:14.
Que cristianismo tem se mostrado para o mundo nos dias de hoje, ser abençoado é ter e não ser.
Que triste constatação, para um mundo intolerante, e a resposta é que a igreja tem se tornada insípida.
Que grande hipocrisia é também a nossa noção de ser abençoado, pois éramos chamados de o povo do livro, e hoje somos lembrados por escândalos financeiros.

Será que somos igreja?

Igreja significa da raiz ecclesia grega comunidade de pessoas, mas atualmente as igrejas vivem um verdadeiro mercantilismo em que mal conhecemos as pessoas que se sentam em nosso lado e á muito tempo tem se tornado assim, afinal o importante e ter e não ser.
O professor Harnack tem uma definição de cristianismo como "Algo muito simples e muito sublime: viver no tempo e na eternidade sob o olhar de Deus e com a ajuda dele".

Gandhi dizia que se a igreja realmente fosse luz do mundo, ela repetiria os atos de Jesus Cristo, pois ela disse que o Sermão do Monte mudou a sua vida, mas não encontrou nada dele na igreja chama crista.

Somos capazes de destronar qualquer estudioso que queira colocar o cristianismo e a existência de Deus como delírio humano, uma serie de publicações sobre este e outros temas, mas muitas vezes na simplicidade do amor, deixamos de fazer a diferença nos mínimos detalhes de vida.

O apostolo Paulo nos exorta a sermos seus imitadores como ele era de Cristo, A forca da luz de Cristo e a única esperança para esta geração decaída.

Estamos vivemos na época da derrocada no neo-liberarismo, pois uma crise econômica como esta e sem precedentes na historia, em qualquer sistema de governo a máxima de que o sofrimento de muitos para o privilegio de poucos.

Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados. MT 5:4
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus MT 5:8

Infelizmente a igreja tem se distanciado do amor e da misericórdia, para servidão de Mamom, afinal temos que ter e não ser.

A.W. Tozer escreveu, E que espécie de habitação agrada a Deus? Como devem ser as nossas naturezas antes de sentir-se Ele em casa, estando em nos? Ele nada pede, exceto um coração puro e uma mente sem dobrez.


A sociedade evangélica esta quase tão confusa quanto à sociedade em geral.

IGREJA: Quando se realiza a união entre Jesus Cristo e o pecador, estabelece-se naturalmente uma relação de fraternidade entre aqueles que estão em comunhão com Cristo., assim o Dicionário Bíblico Universal de Buckland define igreja e nos como definimos a igreja em nossos corações e nossas vidas.

Que a verdade de Cristo esteja realmente em cada vida que levanta a bandeira do cristianismo, pois devemos ser verdadeiros e não ter apenas uma religião, pois Deus conhece cada coração e apenas uma religião não nos aproxima de Deus.

terça-feira, novembro 25, 2008

A GENÊSIS, O INCIO DOS MUNDOS

DESDE TEMPOS REMOTOS OS HOMENS TENTAM BUSCAR EXPLICAÇÕES SERENAS SOBRE A FORMAÇÕES DOS POVOS.

Desde a formação das Escrituras Hebraicas a criação das Mishnas judaicas, que os Estudiosos tentam dar uma explicação plausível para formação dos povos e nações.
Sem, CÃ e Jefte, dos filhos de Noé, colocamos toda a descendência humana.
"E os filhos de Noé que da arca saíram, foram Sem, Cã e Jefte, e CÃ e o pastes três foram os filhos de Noé, e destes se povoou toda a Terra.”

“ ...Não se pode ter duvida alguma quanto a isto: esta inundação e certamente o Dilúvio da historia e o da lenda sumeriana (Epopéia de Gilgamesh) o Dilúvio, fundamento da aventura de Noé. ( Dr. Wooley em Ur dês Chaldeens citado por Sir Charles Marston em A Bíblia disse a Verdade).
Desde muito tempo talvez dois séculos, que a arqueologia tem ajudado a provar em muitos aspectos, apesar de em alguns aspectos ainda falta complemento e não duvidas ou falta de provas como dizem os críticos da Bíblia.

“Bem-Aventurado aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos” Salmo 128:1

As Escrituras Não é um livro divido por assuntos, mas fala de assuntos diversos, assim como a arqueologia e a historia tem corroborado para a inerrância da Bíblia.
Como a cidade de Jerusalém que e um dos temas centrais do Antigo Testamento ( são 667 referencias), A cidade e de suma importância e isto fica evidente no interesse e amor que Jesus tinha pela cidade ( Lc. 13:34-35).
Jerusalém tem tamanha importância, que na antiguidade os mapas traziam Jerusalém como centro do mundo, ate então conhecido.

A cidade da paz traz em seu nome uma grande incógnita, pelo fato de que desde os tempos em que Davi tomou a cidade ate os dias de hoje a cidade tem sido toma de guerras, invasões, dissensões, etc.
Há muito a cidade deixou de ter paz.

Que não apenas uma cidade, mas que as pessoas possam mudar seus corações.

terça-feira, novembro 11, 2008

A igreja deixou de ser luz

“Senhor Deus da minha salvação, diante de ti tenho clamado de dia e de noite, Chegue a minha oração perante a tua face, inclina os teus ouvidos ao meu clamor”. Salmo 88 versos 1 e 2.

Diante dos males deste mundo, o clamor e a espiritualidade podem ser o refugio diante de Deus para prosseguir o caminho nestes dias.
A violência explode no mundo, seja nos países ricos ou pobres (apesar de que depois desta crise mundial, acho que sobrará poucos países para serem chamados de países ricos).

Em um país como o nosso Brasil onde aquelas autoridades que são pagas para nos proteger, estão vivendo em um estado mais calamitoso que os próprios cidadãos.
Sintomas da falência do Estado governante, que em face a corrupção humana, não consegue gerir todos os setores da sociedade.

A igreja brasileira, parece seguir o mesmo caminho.
Por que a igreja não consegue mais ser luz?, mas apenas ter resquícios do reino de Deus.
Por que a quantidade de conversões em nosso país não gera uma nação mais voltada para a humanidade?, para os valores do reino de Deus.
Criam-se celebridades instantâneas mais rápido, que a cultura secular.
Pais cristãos não conseguem mais criar seus filhos com os valores do reino,

Tele-Evangelistas pagam milhões por horários na televisão, mas por que o povo não muda?

Porque ninguém mais quer se doar, ninguém mais quer servir,
queremos um Deus, bingueiro, que sorteia bênçãos,
Não queremos mais abrir mão do nosso egoísmo natural e buscar primeiro os valores reino de Deus.
Queremos tudo rápido e não amamos mais semear,
Não buscamos mais a sabedoria nas Escrituras, ela virou um livro aberto cheio de poeira nas estantes de nossas salas.

Brigamos por teologia, por denominações, por isso e por aquilo,
e nada fazemos quando o mundo nos proíbe de pregar o evangelho.

Aonde iremos chegar?

"Deus da minha salvação, que a sua igreja, volte para os valores do Sermão da montanha de onde nunca deveria ter saído"

terça-feira, novembro 04, 2008

Cada vez mais distantes de Deus e mais perto do mundo.

"Se Deus é o Sumo Bem, a nossa suprema bem-aventurança na terra estará e, conhece-lo tão perfeitamente quanto possível" A.W. Tozer.

Quantos de nós vivemos harmoniosamente na busca pelo conhecimento do Eterno Deus, em relação a nossa vida quotidiana.
neste mundo de grande influencia do pós-modernismo, muito pouco tem se ensinado nas igrejas sobre a busca de conhecer a Deus.
Estamos em uma realidade totalmente dispare com os valores do reino de Deus, onde até ler uma bíblia é motivo de ser antiquado.
Mas muito desta influencia é por culpa da própria igreja, pois diante de tantos desmaze-los, invencionices e auto-intitulações que vemos nos dias de hoje.
Onde a humildade de servir já não existe,
lideres mais amantes de títulos do que de servir as ovelhas do Senhor.

Logo veremos algum líder de denominação, recebendo a unção do vice-Deus, porque pelo andar da carruagem pós moderna, quase não falta aberração nenhuma.

Não vemos lideranças exemplares nos dias de hoje,
por isso que hoje em dia, fazemos parte de uma geração que em nada é diferente do mundo.
D.L.Moody, escreveu em seu tempo que ele preferia ter 20 ovelhas fiéis e obedientes, mas que realmente iriam entrar no céu.
Do que milhares de pessoas que frequentavam a maçonaria.

Não conseguimos mais influenciar a sociedade pecadora, muitas vezes alguns cristãos são temas de escândalos midianicos.
Por que?

Porque nas igrejas não se ensinam mais a orar, a obedecer a Deus, a amar a família.
Somente campanhas de vitória,
Culto disso, culto daquilo, semana de leão, e outros mais.
Tudo em prol de uma prosperidade momentânea, afinal qual é o objetivo do cristão?
Não fazemos mais a diferença!

Em um passado não muito distante, ser evangélico era sinonimo de honestidade, era assim que as pessoas falavam, poderíamos ser tachados de religiosos, mas as pessoas nos respeitavam mais.

E agora?
A quantidade de "evangélicos", torna a qualidade de nosso testemunho um motivo de riso para os detractores do cristianismo.

Leonard Ravenhill escreveu que vivemos em uma geração em que os pregadores de hoje precisam de profetas como Samuel e Elias, para levar um dedo na cara, e ensinar as pessoas o verdadeiro valor do cristão e não essa luxuria e prazeres atuais.
Ele escreveu: "Os Estados Unidos não cairão nunca, já estão caídos! E isso se aplica a Inglaterra também. Nunca serão escravizados, seu povo já se acha acorrentado pelas cadeias de uma anarquia moral que eles mesmos criaram, eles mesmos escolheram. Aqui vivem milhões de pessoas moralmente enfermas que não desejam a cura". (Ele escreveu isto em 1954).
Um dos grandes problemas da igreja brasileira, a maioria não quer ser curado da influencia pós-moderna, afinal é melhor ter do que ser.

Infelizmente este é nosso mundo decaído, cada vez mais tragando a igreja brasileira.

Minha oração é para que Deus levante novos Elias em nossa nação.

quinta-feira, outubro 30, 2008

A corrupção humana

Corria normalmente o programa matinal do canal de televisão,
sobre variedades, quando prontamente pela terceira vez no mês, o apresentador para sua matéria, para entrar mais uma noticia urgente.
Mais uma tragédia familiar, onde aconteceu um crime passional.
Ao fim da matéria, o apresentador questiona:

"O que esta acontecendo com o mundo?"

A resposta, vivemos em uma sociedade cada vez mais distante dos valores da família,
distante de Deus.
Muitos vão dizer, que isto é um pensamento moralista,
mas infelizmente não é,
Richard Dawnkis, diz que o homem pode viver bem melhor sem a religião,
Talvez ele tenha razão, pois ter uma religião, muitas vezes não muda ninguém.

O que pode mudar na estrutura de alguém é uma vida de obediência a Deus, e não a um sistema religioso, pois o homem, tem uma necessidade natural da divindade.
Pois ele nunca esta satisfeito com nada.

Consumismo, deflagração da violência, pedofilia, crises mundiais, desastres naturais, etc.
Sintomas de um mundo que está morrendo e cada vez mais distante de Deus.

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito,
para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna". João 3:16

Infelizmente o mundo deixa de lado as Escrituras Sagradas, muitos para seguirem gurus, na esperança de descobrir o oculto.
A influencia do Deus deste mundo é cada vez maior até dentro da religião cristã.
Pois muitos tem se desviado da sã doutrina, para um evangelho muitas vezes estranho a Bíblia.

Os homens cada vez mais amantes dos prazeres do que de Deus,
A igreja aceitando cada vez mais os costumes do mundo.

Que a igreja possa abrir os olhos para seu verdadeiro papel.

"Ser luz neste mundo de trevas"

terça-feira, outubro 21, 2008

Até onde os ventos soprarem

Tempos tristes, são estes que vivemos
violência extrema, liberdade extrema
os homens cada vez mais perdem a noção do limite
O homem quer ser como o vento, vai para onde quer.

Mas as consequências muitas vezes trágicas não são levadas em conta.
O homem deve ter limites, não ser privado de liberdade,
são duas coisas bem dispares.
mas os valores da vida e da família são cada vez mais distantes de nossa realidade.

Aonde nós chegaremos neste mundo cada vez mais distante de Deus
A resposta a violência é o temor do Senhor
A resposta a crise financeira é a volta a obediência a palavra de Deus.
nenhum homem consegue a satisfação total da vida sem a presença de Deus.

A história muitos destes acontecimentos

Rockefeller, jhonson, Tancredo Neves e muitos outros,
se foram com uma vida, na qual quiseram eliminar a existência de Deus, e no entanto foram eliminados por muito menos.

Até onde os ventos sopram,
Não será aonde o homem chegará, pois a nossa existência se encaminha para o fim,
Pois Deus assiste a ruína humana,
A nossa incapacidade de gerir uma existência em paz,
pois a ganancia humana esta nos levando a destruição.

Que o Espírito de Deus possa mudar esta geração

segunda-feira, outubro 13, 2008

NOS TEMPOS DA FALTA DE SUOR

“Por mais erudito que um homem seja, por mais perfeita que seja sua capacidade de expressão, mais ampla sua visão das coisas, mais grandiosa sua eloqüência, mais simpática sua aparência, nada disso toma o lugar do fervor espiritual. É pelo fogo que a oração sobe aos céus. O fogo empresta asas á oração, dando-lhe acesso a Deus; comunica-lhe energias e torna-se aceitável diante do Senhor. Sem fogo não há incenso; sem fervor não há oração.”
(E.M. Bounds).
Muito desprezada nestes tempos em que vivemos a oração, parece ter sido deixada de lado em nossos cultos, na era pós-moderna.
Nos dias de hoje oração é assunto quase esquecido, nos cultos e até nas vigílias.
Se o pastor colocar a igreja em momento de oração com 10 minutos menos de 15% da igreja continua em reverencia e fervor na oração.
Infelizmente é uma tendência na igreja moderna. Orar esta fora de moda.

“A oração é o suor da alma” (Martinho Lutero).
Assim o grande reformador dizia sobre o poder da oração e o que ela pode transformar uma vida.
Quando leio sobre a vida de Jesus e de grandes mestres e heróis da fé, vejo que todos tinham uma vida centrada na oração.
O fervor espiritual é uma vida centrada na palavra de Deus e na oração e não em mecanismos e formas religiosas.
As vigílias nos dias de hoje viraram verdadeiros cultos-shows, não se passa mais do que alguns minutos em oração nas maiorias das vigílias hoje.

“Pela fé e pela oração, fortaleça as mãos frouxas e firmes os joelhos vacilantes. Você ora e jejua? Importune o trono da graça e seja persistente em oração. Só assim recebera a misericórdia de Deus” (João Wesley)
Sem fé e sem oração não existe vida crista, não existe vida espiritual, mas parece que muitas pessoas na igreja, não conseguem entender ou viver de outra forma.
Hoje nos cultos muitos vão apenas para ter um momento de entretenimento, pois haverá oração de prosperidade, pregações de auto-ajuda, incentivo as doações e contribuições com ênfase na loteria divina.
De e você recebera, infelizmente a bíblia não diz isto, as Escrituras nos dizem que temos que ser e não apenas ter.
É a oração que move o coração de Deus, e não palavras de grande um grande pregador.
Admiro heróis da fe como A.W Tozer e D.L. Moody, que não tinham formação acadêmica, mas foram grandes mestres da igreja crista.
Não e uma teologia perfeita que concretiza uma vida crista, mas sim uma vida de oração, pois somente ela pode mudar uma vida e tocar o trono de Deus.

Em 1Joao 1:9, O apostolo nos da uma ênfase sobre o fervor de nossas petições a Deus.
“Se confessarmos os nossos pecados, ele fiel e justo par nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”.

Que esta geração possa se voltar mais a oração, para sermos realmente uma igreja viva, neste mundo tempestuoso.


Referencias
Por que tarda o avivamento? Leonard Ravenhill – Ed. Betânia
Teologia Sistemática – Wayne Grudem – Ed. Vida Nova

sexta-feira, outubro 03, 2008

Até onde os ventos podem soprar

Ontem li uma noticia que me deixou esperançoso, uma mesquita na Jordânia, recebeu o nome de Jesus Cristo

"O templo foi erguido pela família muçulmana Al Otaibi, tradicional na região e com fortes ligações com a comunidade cristã local. "Queremos estabelecer um exemplo que possa ser seguido em outras partes do mundo a favor da coexistência entre religiões", explicou Marwan Al Otaibi.

"Dar o nome de Jesus Cristo ao nosso templo sagrado é um modo de fazer com que o mundo inteiro entenda que o Islã é uma religião de tolerância que ama se comunicar com os outros", acrescentou. (fonte O globo/O Estado de São Paulo)"

Uma grande noticia de tolerância, e esperança, em um mundo tão intolerante, sobre o qual nós vivemos nos dias de hoje.
Num mundo onde milhões de pessoas são perseguidas pelo fato de não expressar a mesma fé que a maioria.
Buscar explicações para intolerância, é apenas olhar a história do mundo nos últimos 2 mil anos.
todos os lados contem erro fatídicos, mas uma noticia de esperança sempre é um colirio nestes tempos.

Como disse Madre Tereza de Calcutá " um hindu tem que ser um bom hindu, um muçulmano tem que ser um bom muçulmano e um cristão tem que ser um bom cristão".
é assim que devemos olhar as pessoas, falo sob uma otica cristã, por expressar a fé cristã.
Mas entendo que todas as pessoas devem ser tolerantes, quando expressam sua fé.

"Que a paz possa reinar neste mundo,
que cada um possa respeitar o próximo,
que o amor do Deus de Abraão, esteja em cada um de seus filhos,
em cada um de seus descendentes.
Que o mundo não se prenda na guerra, mas na paz e na tolerância e no amor e respeito ao próximo".

Que cada um de nós, seja cristão, muçulmano, judeu, hindu, etc,
possa expressar pela sua vida o amor e a tolerância.

Que a paz possa reinar entre nós.

quinta-feira, outubro 02, 2008

A expressão e o testemunho

Vivemos no meio cristão, uma caracterista da atitude pós-moderna, do imediatismo e expressão.
O imediatisto expressionista da razão, onde se colocam as nuanças vitoriosas da vida, independente de um testemunho de vida.
Vale mais ter um carro importado como testemunho de vida vitoriosa, do que ter uma vida caracterizada pelo boa vivencia e carater respeitoso como cristão.
Se eu vou para igreja de terno novo comprado em griffe, vão me olhar como um vitorioso, Se eu tenho uma expressão linguistica correta, eu sou vitorioso.
Não depende do que eu faça para isso, mesmo que tenha enganado alguém, é assim que vivo.

Minha familia vai comigo para igreja, então sou um exemplo de cristão, posso até ser convidado para ter um cargo, afinal vivemos um tempo de barganha.
Independente das escolhas e felicidade da minha familia, se eles estão comigo é sinal de respeito, afinal eu escolho e eles obedecem.

Eu sou um grande contribuinte do ministério, porque o meu dinheiro é a carta de entrada ministérial, posso até receber um titulo de pastor, afinal, meu dinheiro é mais importante do que a refelexão da minha vida.

Dou uma grande contribuição, tenho um ótimo carro, uma boa casa, então eu sou um vencedor, minha familia, minha igreja me admiram, afinal minha expressão é de felicidade eterna.

Deus esta sempre comigo, porque eu sou abençoado, o meu testemunho é o que eu tenho.

Só ia me esquecendo de uma coisa, minha profissão:

Sou especulador (esteleonatario de colarinho branco), eu ganho dinheiro com a desgraça dos outros, afinal é licito, então foi Deus quem me deu.

Deus salve a igreja brasileira

segunda-feira, setembro 29, 2008

ATÉ QUANDO...

ATÉ QUANDO

ESTAMOS VIVENDO OS ULTIMOS DIAS DO CIRCO DA ELEIÇOES MUNICIPAIS, SIM UM VERDADEIRO CIRCO
NÃO É DE AGORA E MUITO MENOS VAI ACABAR TAO CEDO O ESPETACULO.
QUE PAIS São ESTE? RENATO RUSSO DA LEGIAO URBANA, JÁ CANTAVA NOS IDOS DE 1987,
NAS FAVELAS, NO SENADO, SUJEIRA PRA TODO LADO,
E HOJE? A SUJEIRA SÓ AUMENTOU, É TRISTE, MAS É UM FATO.
TODO GOVERNO É ORDENADO POR DEUS, ASSIM DIZEM AS ESCRITURAS SAGRADAS.
UMA PENA QUE AQUELES QUE SE DIZEM COMPROMISSADOS COM O REINO DE DEUS, TEM-SE MOSTRADO COMPROMISSADOS MUITOS MAIS COM A POLITICAGEM DO QUE COM OS VALORES DA VIDA.
NESTAS ULTIMAS ELEIÇOES MUNICIPAIS, CADA ATO DO CIRCO TEM SIDO FADADO A GRANDES GARGALHADAS, ALGUNS LIDERES APRESENTAM FILHOS, OUTROS IRMAOS E DISCIPULOS, ATÉ AI NÁO EXISTEM PROBLEMA ALGUM, AFINAL A JUSTICA ELEITORAL, NÃO PROIBE NINGUEM DE SE CANDIDATAR, SE ESTIVER APTO.
MAS ATÉ QUE PONTO O TRAMPOLIM RELIGIOSO, FEITO NA MAIORIA DAS VEZES PELOS POLITICIOS EVANGELICOS, QUE FAZEM VALER O ATO DA DESORDEM, ALGUNS COM UM VERDADEIRO CHAUVINISMO DE MENTIRA.
TEM ATÉ UM CANDIDATO A VEREADOR, QUE TEM COMO JARGAO EIIITA(SIC) DEUS , QUE INFELICIDADE.

A CULTURA POS-MODERNA SE INFILTROU TANTO NO MEIO EVANGELICO BRASILEIRO QUE OS MINISTERIOS BIBLICOS, DESIGNADOS NO LIVRO DE EFESIOS 6:11, ESTAO PERDENDO SEU VALOR PARA COM A IGREJA, E SIMPLESMENTE VIRANDO TITULO DE POLITICOS.
MINISTRO DE DEUS É PARA IGREJA, NÃO PARA O MUNDO SECULAR, POIS CADA UM TEM SEU CHAMADO, E SE DEUS CHAMOU ALGUEM PARA O MUNDO POLITICO , NÃO PODE TER CHAMADO PARA PARA PASTOR, POIS O ETERNO DEUS, NÃO É DE CONFUSAO.
O HOMEM SIM.
MAIS UM ATO DO CIRCO DA POLITICA E DA RELIGIAO,
QUANTOS ATOS IMPROBOS NÃO TEMOS NESTES, QUE USAM A RELIGIAO COMO TRAMPOLIM PARA TER UMA CARREIRA POLITICA.

SUJEIRA PRA TODO LADO, TRISTEZA PRA TODO LADO.

MUITAS PROMESSAS, MUITA PROMESSA, ISTO SIM, AS CAMPANHAS SÃO RECHEADAS DE PROMESSAS, MUITAS DELAS MIRABOLANTES, COMO SE A VIDA DE UM PAULISTANO QUE SOU FOSSE FICAR MARAVILHOSA DA NOITE PARA O DIA.
INFELIZMENTE O POVO SE CONTENTA COM MUITO POUCO, COMO SE POLITICOS FIZEM FAVOR PARA PESSOAS, E NÃO ORBIGAÇAO LEGISLATIVA E EXECUTIVA.
DISSERAM QUE VIVEMOS O ESPETACULO DO CRESCIMENTO (ESTE EU ESTOU ESPERANDO ATÉ AGORA), PORQUE ELE É TAO PEQUENO, QUE NINGUEM VE
E AQUELES QUE DEFENDEM A FÉ EM CRISTO, MUITAS VEZES SÃO PIORES DO QUE MUITOS CETICOS.

QUE DEUS AJUDE ESTA NAÇAO, PORQUE PELOS CANDIDATOS QUE TEMOS, MUITO POUCOS DELES, POUCOS MESMOS, MERECEM RESPEITO E CONFIANÇA.

ATÉ QUANDO MEU DEUS.....

Depois de muito trabalho e falta de tempo

depois de muito tempo, um novo post

quinta-feira, julho 17, 2008

Antes de Obama e de Hillary Clinton, houve Shirley Chisholm

Antes de Obama e de Hillary Clinton, houve Shirley Chisholm

Cary Clack, do San Antonio Express-News
Em San Antonio, no Texas


A história está sempre apressada para ver e fazer coisas que nunca antes foram vistas ou feitas. Mas até mesmo na sua busca insaciável por territórios desconhecidos, a história entende a importância de olhar para o passado e preservar a memória e as realizações daqueles que a impulsionaram.

Neste outono, pela primeira vez na saga norte-americana, um negro ou uma mulher estarão nas cédulas eleitorais na condição de candidato a presidente por um dos dois grandes partidos políticos dos Estados Unidos da América. Até mesmo o perdedor da disputa pela candidatura democrata entre Barack Obama e Hillary Clinton terá aberto novos horizontes e conquistado uma ou duas páginas nos livros de história.

Mas antes de Hillary e de Barack em 2008, houve Shirley em 1972.

Há 36 anos, a deputada federal Shirley Chisholm tornou-se a primeira mulher e a primeira pessoa negra a tentar obter a candidatura à presidência por um grande partido político.

Quando anunciou a sua decisão, em 25 de janeiro de 1972, ela já era uma figura histórica devido à sua eleição para a Câmara Federal em 1968, representando o 12° Distrito Congressual do Brooklyn. Aquela eleição fez dela a primeira mulher negra a ser eleita para o Congresso.

O seu slogan de campanha, e o título do seu primeiro livro, foi "Unbought and Unbossed" (literalmente algo como "Não Comprada e Sem Patrões"), e a sua noção de quem era tornou-se bem evidente quando, após tomar posse, ela declarou ao "Washington Post": "Neste momento sou uma pessoa histórica, e estou bastante consciente disso".

Chisholm também não perdeu tempo em exibir a sua franqueza e destemor quando desafiou o sistema de cargos baseado na antiguidade na Câmara, após ter sido colocada no Comitê de Agricultura, um grupo que pouco fazia pelo seu distrito urbano. Ela exigiu que fosse transferida e acabou recebendo uma cadeira no Comitê de Assuntos de Veteranos.

Filha de imigrantes, o seu pai veio da então Guiana Britânica e a mãe de Barbados, o orgulho de Chisholm pelo seu sexo e a sua etnia ficou evidente quando ela tornou-se um dos membros fundadores do Congressional Black Caucus (grupo parlamentar de negros no Congresso dos Estados Unidos) e da Organização Nacional para as Mulheres.

A sua independência refletiu-se no seu apoio a um parlamentar branco, Hale Boggs, para a liderança da Câmara, e não a John Conyers, que era negro.

A decisão de Chisholm de disputar a presidência não foi recebida com o entusiasmo festivo que tem marcado as campanhas de Hillary Clinton e de Barack Obama.

Desprezada pelo establishment político, incluindo a maioria dos seus colegas negros do sexo masculino, Chisholm embarcou em uma campanha heróica e idealista de inclusão que exibiu o intelecto, a paixão, a sagacidade e a grande habilidade oratória que a caracterizavam.

George McGovern conquistou a candidatura, mas Chisholm chegou até a Convenção Nacional Democrata em Miami, tendo obtido 152 delegados.

Chisholm era uma liberal declarada que defendia os direitos das mulheres e das pessoas negras, e foi uma feroz oponente da Guerra do Vietnã. Mas a essência do seu caráter foi revelada quando um dos seus oponentes na campanha pela candidatura democrata, o racista governador do Alabama, George Wallace, foi vítima de uma tentativa de assassinato em Maryland, um ataque que o deixou paralisado da cintura para baixo.

Chisholm o visitou no hospital e devido a isso foi criticada pela comunidade negra. Ela contou que quando Wallace a viu, perguntou: "O que o seu povo vai dizer?". A sua resposta a ele foi: "Eu sei o que eles dirão. Mas eu não gostaria que o que aconteceu com você acontecesse com mais ninguém". Wallace chorou.

No seu livro "The Good Fight" ("A Boa Luta"), Chisholm explicou porque disputou a presidência. "Disputei a presidência, apesar de não ter chances, para demonstrar a vontade pura e a recusa em aceitar o status quo", escreveu ela. "Da próxima vez que uma mulher, ou um negro, ou um judeu, ou qualquer pessoa oriunda de um grupo que o país "não está pronto" para eleger para o seu cargo mais importante, disputar a presidência, acredito que ele ou ela será levado a sério desde o início".

Chisholm morreu no Ano Novo de 2005 aos 80 anos de idade. Naquele ano, a cineasta Shola Lynch apresentou um notável documentário sobre a sua campanha, chamado "Chisholm 72: Unbought and Unbossed". Nele, Chisholm diz que não queria ser lembrada apenas por ter sido a primeira congressista do sexo feminino ou a primeira mulher a tentar obter a candidatura à presidência por um grande partido político.

Ela afirmou: "Quero ser lembrada como uma mulher que lutou por mudanças no século 20. É isso o que desejo".

Shirley, você conseguiu.

Tradução: UOL


Tradução:


ÍNDICE DE NOTÍCIAS


IMPRIMIR


ENVIE POR E-MAIL

segunda-feira, julho 14, 2008

LIVROS

Livros que li recentemente ou estou lendo

90 minutos no céu - Don pipper - Ed. Thomas Nelson

O Livreiro de Cabul -

Arqueologia nas Terras Biblicas - Ed. Cultura Cristã

Jerusalém - Uma Cidade Três religiões - Karen Armstrong

Principios de interpretação biblica - Ed. cultura cristã

Romanos - john Stott - ABU

terça-feira, junho 17, 2008

Dicionário de Paulo e Suas Cartas


Dicionário de Paulo e Suas Cartas

Umá ótima indicação, para pastores, teológos e estudantes.

HEBREUS

HEBREUS

Talvez esta seja a carta mais discutida de todo o novo Testamento sobre o seu escritor original, pois por todos os indícios que se tenham nela não há nenhuma referência sobre seu autor.

Mas o mais importante mesmo que quem a tenha escrito a carta intitulada “aos Hebreus”.

Ao iniciar este pequeno estudo estaremos, analisando uma das mais fascinantes cartas da Bíblia, pois a forma como nela é colocadas as passagens do Antigo Testamento é de uma precisão e inteireza de teor e fundamento muito grande, no Novo Testamento junto com o Evangelho segundo Mateus é a Epístola que mais contem versículos do Velho Testamento.

HEBREUS

Autor: Desconhecido.

Alguns Teólogos e Escritores atribuem a sua autoria a Paulo, Lucas, Apolo e até Clemente de Roma.

Eusébio de Cesaréia em sua História Eclesiástica encontram-se vários textos na qual Eusébio coloca da seguinte maneira:

CAP. XXXVIII

...Pois como Paulo dirigiu-se aos Hebreus na língua de seu País, alguns dizem que o evangelista Lucas, outros que Clemente traduziu a Epístola, isso também parece mais próximo a verdade, uma vez que a Epístola de Clemente e aquela aos Hebreus preservam as mesmas características de estilo e fraseologia, e porque os sentimentos em ambas as obras não são muito diferentes.

CAP. XIV

Na obra chamada “Hipotiposes” está assim descrito., ...mas ele assevera que a Epístola aos Hebreus foi escrita por Paulo, aos Hebreus, na língua Hebraica, mas que fora cuidadosamente traduzida por Lucas e publicada entre os gregos.

CAP. XXV

A EXPOSIÇÃO DE ORIGINES

O estilo da Epístola com o título “aos Hebreus”, não possui aquela rudeza de discurso que pertence aos Apóstolos, que confessa ser bem comum em discurso, ou seja, em sua fraseologia. Mas que essa Epístola é mais pura em grego na composição de suas frases confessaram, todos os que conseguem discernir a diferença de estilo de novo, ficará evidente que as idéias da Epístola são admiráveis e não inferiores a qualquer um dos livros reconhecidos como Apostólicos.

Todos os que lerem atentamente os escritos, do Apóstolo confessarão a verdade disso.

A isto posteriormente acrescenta. “Mas eu diria que os pensamentos são do Apóstolo , mas o discurso e a fraseologia pertencem a alguém que registrou o que disse o Apóstolo e anotou livremente o que seu mestre dizia. Se, portanto, alguma igreja considera que a Epístola veio de Paulo, que seja elogiada por isso, pois não foi sem motivos que os Antigos Homens a transmitiram como tal. Mas só Deus sabe quem realmente escreveu a Epístola.

O relato, porém coerente entre nós, é que de acordo com a Epístola, de acordo os outros, que foi escrita por Lucas, que escreveu o Evangelho e os Atos.

“Há várias designações de autores da Epístola aos Hebreus, mas que fique assim mostrados estes relatos.

DATA DA ESCRITA:

APROXIMADAMENTE 65 D.C

HISTÓRICO

Como ponto alto desta Epístola, pode-se destacar a incredulidade como o fato mais negativo para o ser Humano.

Destaca-se nesta carta que:

Deus saiu ao encontro do Homem na pessoa de Cristo.

Conta que Deus esvaziou-se a si mesmo, e veio por intermédio de Cristo.

Apresenta Cristo como filho de Deus e superior aos anjos e superior a Moisés e aos Sumos Sacerdotes.

Exortação e perseverar na fé, a natureza da fé, como exemplos extraídos do Antigo Testamento.

Perseverança em meio às provações.

REVELAÇÃO DEFINITIVA DE DEUS POR CRISTO.

Principais Versículos

“Não endureças os vossos corações como no dia da tentação do deserto (Hb. 3-8)“

“E jamais me lembrarei dos seus pecados e das suas iniqüidades (Hb. 10-17)”

“Ora a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das que não se vêem (Hb. 11-1)”

“Segui a paz com todos e a santificação sem a santificação ninguém verá o Senhor”

HEBREUS

O FILHO É SUPERIOR AOS ANJOS 01

CRISTO É SUPERIOR A MOISÉS 02

JESUS CRISTO O GRANDE SUMO SACERDOTE 05

OS PERIGOS ESPIRITUAIS 06

CRISTO O MEDIADOR DE UMA NOVA ALIANÇA 08

O SANGUE DE CRISTO 09

EXORTAÇÃO A PERSEVERANÇA 10

PELA FÉ 11

DEUS CORRIGE A SEUS FILHOS 12

AS DUAS ALIANÇAS 12

EXORTAÇÃO A VIDA CRISTÃ 13

ESBOÇO DE HEBREUS

I-Jesus é superior aos anjos (CAPS. 1-2)

A.)Prólogo: A última e melhor Palavra de Deus nos foi falada pelo Filho (1: 1-4).

B.)As escrituras testificam da maior honra do Filho (1:5-14).

C.)Exortação a não negligenciar a Salvação revelada através do Filho (2: 1-4).

D.)O Filho tornou-se semelhante a seus irmãos como nosso Sumo Sacerdote (2: 5-18).

II-Cristo é SUPERIOR A Moisés (3: 1-4.13)

A.)O Filho tem maior honra que o servo (3: 1-6)

B.)Exortação a não imitar aqueles que não creram no deserto (3.7- 4.13)

III –Cristo é superior a Arão (4.14- 7.28)

A.)Cristo, eterno Sumo Sacerdote (4.14- 5.11)

B.)Exortação a perseverança e maturidade espiritual (5.12- 6.12)

C.)Um Sacerdote para sempre por julgamento divino (6.13- 20)

D.)Um Sacerdote para sempre segundo a ordem de Melquisedeque (CAP.7)

A- Uma aliança superior (CAP.8)

B- Um Tabernáculo superior (9.1- 10)

C- Um sacrifício superior que purifica a consciência (9.11- 28)

D- O sacrifício de Cristo, de uma vez por todas (10.1- 18)

V- Chamando a perseverar na fé (10.19- 12.29)

A.) Uma aliança superior implica em maior responsabilidade (10.19- 39)

B.) Exemplos da vida de fé (CAP. 11)

C.) Verdadeiros Filhos de Deus (12.1- 17)

D.) A Jerusalém Celestial (12.18- 29)

VI- Conclusão (CAP. 13)

A.) Exortações finais (13.1- 19)

B.) Bençãos e saudações (13.20- 25)

A grande admoestação que o escritor do livro de Hebreus conclama para os crentes de todas as épocas sobre a perseverança que temos que ter a certeza de nossa Salvação em Cristo, descrito como o grande Sumo Sacerdote.

Os perigos que recaem sobre aqueles que se afastam da fé.

O propósito desta Epístola é mostrar a relação do sistema de Moisés com Cristo Jesus.

PORQUE FOI ESCRITA:

Para reprimir a Apostasia dos Judeus Cristãos que tinham a intenção de voltar ao Judaísmo.

ONDE FOI ESCRITA:

Evidentemente na Itália. (13.24)

A REVELAÇÃO DE DEUS EM HEBREUS

1.1- Deus...Falando. Um tema importante em Hebreus

Tem certeza das promessas de Deus – 11.1 Esta confiante no poder de Deus – 11.1

Percebe o desígnio de Deus 11.3 Age segundo as promessas de Deus – 11.8-22

Considera Cristo sobre tudo 11.26 Vence tremendas desvantagens - 11.29-38

HEBREUS

O Hebraico, uma das línguas semíticas, era falado pelos Israelitas durante o tempo de sua independência. O Antigo Testamento foi escrito em Hebraico, sendo ainda hoje a língua vernácula da Terra Santa.

Hebreu é o nome pelo qual as nações distinguiram os filhos de Israel.

A finalidade dessa Epístola foi assegurar aos Cristãos Hebreus que o Messias do Cristianismo engloba todas as suas esperanças, a fim de que renunciassem as sombras do Judaísmo em prol da realidade do Evangelho.

“Jesus, porém tendo oferecido, para sempre, um único sacrifício pelos pecados assentou-se a destra de Deus, aguardando daí em diante, até que os seus inimigos sejam postos por estrado dos seus pés”.

Porque com uma única oferta aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados (Hb. 10.12-14).

O grande tema da carta aos Hebreus é a finalidade de Jesus Cristo. Ele é a última Palavra de Deus para o mundo e cumpriu todas as expectativas do Velho Testamento de modo que nada mais será acrescentado.

O autor utiliza muitas idéias e passagens do Velho Testamento para expor este tema de forma que seu raciocínio pode exigir muito dos leitores atuais. Porém sua mensagem básica é clara:

Jesus através de seu sacerdócio eterno e sacrifício único, trouxe uma “Salvação eterna” (5.9), tendes chegado... à Jesus, o mediador a nova aliança (12.22-24), que nunca cessará.

Cristo se apresenta nos “últimos dias” (1.2) e quando os tempos estão chegando ao fim (9.26 BLH), devendo nós, portanto, somente esperar a consumação, quando ele aparecer novamente para a Salvação e o Julgamento (9.28).

Mostra uma profunda consciência de Jesus:

Uma consciência espiritual, que ele vê em sua encarnação (2.14), na obediência (10.5-7), sofrimento (5.7-8), morte (2.9), ressurreição (13.20), ascensão (4.14), glorificação (1.3), e na segunda vinda (9.2-7-8).

OS MEIOS PELOS QUAIS DEUS TRATA O PECADO E A MORTE QUE ATORMENTAM A HUMANIDADE.

A grande preocupação do autor é mostrar que Jesus é maior do que todos os outros aos olhos de Deus. Ele destaca este fato no sugestivo prefácio ao iniciar a carta (1.1-4).

O Velho Testamento em Hebreus esta s referências não estão completas. Elas simplesmente ilustram a notável abrangência de seu uso num pequeno livro.

1- CITAÇÕES DE:

GÊNESIS (4.4) ISAÍAS (2.13)

ÊXODO (8.5) JEREMIAS (8.8-12)

LEVITICO (9.27) EZEQUIEL (13.20)

NÚMEROS (3.5) OSÉIAS (13.15)

DEUTERONÔMIO (10.3) HABACUQUE (10.37-38)

2 SAMUEL (1.5) AGEU (12.26)

SALMOS (CITAÇÕES DE 11) ZACARIAS (13.20)

PROVÉRBIOS (12.5-6)

2- PERSONAGENS

CAIM E ABEL (11.4-12.24)

ENOQUE QUE ANDOU COM DEUS (11.5-6)

NOÉ (11.7)

OS TRÊS PATRIARCAS

ABRAÃO (7.1-10, 11.8-19)

ISAQUE (11.21)

JACÓ (11.21)

ESAÚ (12.6)

JOSÉ (11.22)

MOISÉS (3.1-6, 11.23ss)

ARÃO (5.4-9.4)

RAABE (11.31-38)

3- EVENTOS

CRIAÇÃO (11.3- 4.4)

A QUEDA (6.8)

MOISÉS NO EGITO (11.24-27)

A PÁSCOA (11.18)

O ÊXODO (3.16- 11.29)

EVENTOS NO MONTE SINAI (9.18-21, 12.18-21)

ENTRADA NA TERRA PROMETIDA (3.18-19, 11.30)

O TABERNÁCULO (9.1-5)

O DIA DE EXPIAÇÃO (9.7)

O SACERDÓCIO (5.1-3, 10.10)

SACRÍFICIOS (7.27-8.31)

RITUAIS DE PURIFICAÇÃO (9.13)

A LEI (7.28- 8.4)

A ALIANÇA (9.15-20)

O escritor de Hebreus coloca de uma forma a Jesus como o grande Sumo Sacerdote, que Jesus é maior que qualquer ser celestial, maior que Moisés, Arão, Melquisedeque, etc.

O sacrifício de Jesus, a esfera do sacrifício, a natureza do sacrifício.

1 – A SUPREMACIA DE JESUS

A grande preocupação do autor é mostrar que Jesus é maior do que todos os outros aos olhos de Deus. Ele destaca este fato no sugestivo prefácio ao iniciar sua carta (1.1-4) no qual ele proclama Jesus como um revelador muito acima de todos os outros. Apesar de todo o seu amor pelo Velho Testamento, ele corajosamente o classifica como “fragmentado e diversificado (New English Bible) em comparação com a revelação dada por Deus por meio de seu Filho (1.1-2).

Jesus é maior do que os anjos (1.4, 2.18), com o propósito de provar que Jesus ocupa uma posição mais alta do que quaisquer outros seres no céu e na terra, o autor emprega uma série de citações do Velho Testamento, principalmente de Salmos (1.5-14).

Jesus é maior do que Moisés (3.1- 4.13), em 3.1 o autor nos convida a considerar atentamente o Apóstolo e Sumo Sacerdote da nossa confissão Jesus o tema de Jesus como “Sumo Sacerdote” surge pela primeira vez em 2.17, onde ele é referido com um misericordioso e fiel Sumo Sacerdote nas coisas pertinentes a Deus.

Jesus é maior do que Arão (4.14- 10.39); agora chegamos ao centro da discussão. Após um parágrafo introdutório, esta extensa parte central começa e termina com fortes exortações, nas quais o autor acentua suas advertências (5.11- 6.12, 10.19-39). No meio ocorrem duas longas passagens nas quais ele considera primeiro a pessoa de Jesus como Sumo Sacerdote (6.13- 7.28)

2 –O SACRÍFICIO DE JESUS

1 – A esfera do sacrifício não é cerimonial, mas moral. O autor põe nisto uma certa ênfase. Os Antigos sacrifícios realizados para a santificação dos que estavam “cerimonialmente impuros” literalmente, eles se santificavam para a purificação da carne.

3 – A NATUREZA DO SACRIFÍCIO

Ela não é terrena , mas celestial, Jesus morreu na terra, porém sem realidade ele pelo espírito eterno a si mesmo se ofereceu sem macula a Deus (9.14), sobre este sacrifício Hebreus afirma várias coisas fundamentais:

Ele foi perfeito

Ele foi Espiritual

Ele foi vicário

4 – O CUMPRIMENTO DO SACRIFÍCIO

Ele é permanente , não transitório. Ao passo que o Antigo sacrifício previam um ritual de purificação passageiro e externo, o sacrifício de Jesus prepara-nos para segui-lo até o próprio santuário.

5 – A NOVA ALIANÇA EM JESUS

A citação de Jeremias 31.31-34 em Hebreus 8.8-12 é a mais longa de uma única citação do Velho Testamento encontrada no Novo.

O autor defende sua posição com três argumentos: primeiramente com uma ilustração Humana.

Em segundo lugar, ele utiliza uma analogia Bíblica. Ele declara que, como a primeira aliança é ratificada pelo derramamento de sangue.

E em terceiro lugar, ele emprega um argumento da experiência. Com uma única oferta aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados (10.14).

Este tema da finalidade da Nova Aliança é o ponto crucial para o escritor de Hebreus.

6 – A DISCIPLINA DE JESUS

Em 10.19 o autor começa a delinear as conclusões práticas de sua apresentação de Cristo.

Há somente um sacrifício pelo pecado, por isso se desprezarmos aquele sacrifício, já não resta sacrifício pelos pecados, pelo contrário há certa expectação horrível de Juízo (10.26.27)

A fé a certeza de coisas que se esperam a convicção de fatos que se não vêem (11.1).

Os exemplos dos Heróis da fé e a vida com Deus, em tudo mais é uma maravilhosa Epístola sobre a superioridade de Jesus Cristo e a vida com fé.

BIBLIOGRAFIA

BÍBLIA DE ESTUDO DE GENEBRA

HOMENS COM UMA MENSAGEM? JOHN STOTT

NOVO COMENTÁRIO BÍBLICO CONTEMPORÂNEO/ H. HAGNER

HISTÓRIA ECLESIÁSTICA/ EUSÉBIO DE CESARÉIA

APRENDENDO A BÍBLIA / LAURO B. PEREIRA

ATRAVÉS DA BÍBLIA LIVRO POR LIVRO/ MYERS PIERLMAN

“QUE DEUS POSSA PREENCHER CADA CORAÇÃO EM SABEDORIA E CONHECIMENTO, POIS A PALAVRA DE DEUS É NOSSA MAIOR FONTE DE ALIMENTO E SE RENOVA A CADA DIA MAIS E MAIS”.

quinta-feira, maio 08, 2008

UM PACIFICADOR NOS TEMPOS DA VIOLÊNCIA

"Se queremos ser pacificadores, você e eu precisamos ter uma sólida disciplina de oração..."
Henry Nowen (A vida na casa do amor)

Estamos vivendo em tempos onde a violência em todos os sentido cresce sumariamente.
violência contra as pessoas,
contra os valores familiares,
contra os valores cristãos,
contra tudo que rege ordenadamente a sociedade em geral.
Nunca na história da sociedade moderna, houve tanta falta de amor e paz.
As famílias são atacadas ordenadamente pelo imediatismo, pelo sexo sem valor emocional, pela falta de respeito ao próximo.
Hoje em dia se declarar como um cristão tem sido motivo de chacota entre os jovens, ou muitas vezes, vivendo uma vida de duplo sentido.
Nunca também se falou tanto de Paz, em se buscar a Paz, nestes tempos.
Jesus mesmo disse, que no fim dos tempos o mundo falaria de paz, mas não haveria paz.
A grande perda de valores da vida, tem sido jogadas ao esmero, pelo imediatismo, pelo consumismo, pelo ódio religioso, etc.
Famílias tem sido destruídas, por causa da perca dos verdadeiros sentimentos de pacificação.
Ninguém mais quer caminhar pela estrada da Paz.
Jesus Cristo disse:
"Bem-Aventurados, os pacificadores porque eles serão chamados filhos de Deus" Mateus 5:9.
Jesus explana sua indicação sobre aqueles que em tempos de violência, são dignamente soldados da pacificação, os verdadeiros filhos de Deus.
Cada cristão sincero é chamado para ser um pacificador, aquele com humildade de coração, luta contra estes tempos de depravação humana.
Cada dia mais constante no mundo belicista em que vivemos, onde pais matam filhos e filhos matam pais, onde pessoas se suicidam em nome de uma religião, onde a exploração sexual chega a níveis aberrantes.
Um pacificador luta contra a ridicularizarão da Fé, onde a bíblia é cada vez mais explanada como objeto de delírio humano.
Mas aqueles que vivem pela fé no Deus da bíblia, tem um realização diferente, sempre tem a certeza de sua verdadeira vitória.
aqueles que vivem pela fé, vivem a certeza cada vez maior que as coisas de Deus, são loucura para os homens.
A humanidade grita por Paz, mas não encontra
Porque a verdadeira paz, somente podemos encontra-la em Jesus Cristo.
Com humildade de coração, encontramos a pacificação justa, para lutar contra o mundo, cada vez mais maligno.
Porque somos justificados pela fé, temos paz com Deus. (Romanos 5:1).
Assim o chamado de pacificação vem a cada cristão como um mandamento de amor, para ser sal diante deste mundo insípido em que vivemos.

Glória ao eterno Deus

segunda-feira, maio 05, 2008

PL122/06 - restrições a liberdade religiosa

PL 122/06: mobilização contra restrição à liberdade religiosa

Com o fim do recesso parlamentar por conta das festas de fim de ano e do Carnaval, o Congresso Nacional começa a retomar os trabalhos que ficaram parados. Isso inclui o trâmite de votação do PLC 122/06, que está novamente prestes a ser apreciado pela Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Faz parte da estratégia usada pelos senadores (e também por deputados e vereadores) a falta de transparência na agenda dos trabalhos legislativos – o que impede que o povo conheça com antecedência o que está para ser votado, e portanto, não consiga se mobilizar em tempo.

No dia 19/03/2008, o PLC 122/06 quase chegou a ser votado pela Comissão de Direitos Humanos do Senado. Mas a relatora Fátima Cleide (PT-RS) – que é uma das principais defensoras da aprovação da lei de homofobia tal como está – resolveu tirá-lo da pauta, provavelmente pela falta de quórum para a sua aprovação.

Corre à boca pequena que existiria um acordo para que um senador pedisse novamente vistas do processo, ou seja, um prazo maior para avaliação.

Ocorre que essa é uma ferramenta geralmente usada para ganhar tempo. Na prática, por causa da falta de transparência na agenda, o relator espera o dia mais apropriado, ou seja, que tenha mais senadores favoráveis ao projeto, para colocá-lo em votação.

Desse modo, diversas leis que interferem diretamente na vida dos cidadãos são aprovadas. E foi exatamente assim que o projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados, em uma sessão esvaziada, quando a bancada evangélica estava ausente.

Muitos deputados à época não criam na aprovação de uma lei tão absurda que fere a liberdade de pregação da Bíblia Sagrada (leia mais), entre outros pontos. Mas o projeto chegou ao Senado e, se aprovado, dali seguirá direto para a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que já se manifestou ser a favor.

É por esses motivos que conclamamos todos os cidadãos a se engajarem em uma ampla mobilização para exigir a participação maciça dos 36 senadores que integram a Comissão de Direitos Humanos nas reuniões que vão definir o futuro do projeto no Senado. Só assim poderemos garantir que manobras de última hora não sejam usadas por ativistas defensores do projeto.

Lembre-se: nossa liberdade religiosa, de interpretação e pregação – não apenas de trechos bíblicos como também do Alcorão e da Torá – podem sofrer um “cala boca”.

Se o PLC 122/06 for aprovado como está, você poderá assistir pastores, padres, rabinos e xeiques presos. A realidade da Igreja Perseguida pode se tornar a realidade da Igreja Brasileira. Sem contar que seremos obrigados a “contrabandear” Bíblias cujo original não foi censurado!

Clique aqui para saber o endereço e o telefone dos 36 senadores e ver uma sugestão de modelo de carta.

Tsuli Narimatsu
Jornalista da Portas Abertas

Entenda toda a polêmica e o risco que os brasileiros estão correndo por meio do PLC 122/06 e do PL 6418/2005 aqui!

Modelo de carta: "Senador, hora de voltar ao trabalho!"

Pai nosso em Hebraico/Aramaico

O 'Pai Nosso' nas línguas originais.

O aramaico é provavelmente mais fiel ao original.

Aqui vão:

Em Hebraico:
Avinu ShabaShamayim
(Nosso Pai Celestial)

Yikdash Shmecha
(Que o Teu Nome seja Venerado)

Tavo Malchutecha
(Que o Teu Reino venha)

Ye'aseh Retzonechah
(Que a Tua Vontade seja feita)

Kmoh VaShamayim Ken Baaretz
(No Céu e também na Terra)

Es Lechem Chukeinu Ten Lanu Hayom
(Dá-nos hoje o nosso pão diário)

U'Slach Lanu Es Chovateinu Kaasher Salachnu
(E perdoa nossos débitos como perdoamos)

Gam Anachnu LaChayaveinu
(também os nossos devedores)

V'al Tvi'einu Lidey Nisayon
(E não nos conduza à tentação)

Ki Im Chaltzeinu Min Harah
(Mas livra-nos do maligno)

Ki L'chah haMamlachah
(Pois Teu é o Reino)

V'hagvurah
(E o poder)

V'hatiferet
(E a glória (ou beleza))

L'almei olamim
(para sempre)

Amen


Em Aramaico:
avoon d-vashmayo
(Nosso Pai Celestial)

Nethqadash shmokh
(Santo é o Teu Nome)

u-Tithe malkoothokh
(Permita que o Teu Reino venha)

u-Nehwun tsevyonokh
(E Permita que tua vontade seja feita)

b-Ar'a aykh d-vashmayo
(Na terra, da mesma forma que no céu)

u-Lekhmen emina
(E o nosso pão constante)

d-Yéwma hév lén
(Diário nos dá)

u-Shvuq len khewbeyn
(E perdoa-nos os nosso pecados)

Eykena d-af enkhnen
(Como nós também)

Nshveqen l-kheyaveyn
(Temos perdoado pecadores )

U-la teythin l-nesyuna
(E não permita a tentação)

Ela petsan men bisha
(Apenas nos salve no mal)

Meghul d-dhilakh hi mélkutha
(Pois Teu é o Reino)

u-Theshbukhta
E a glória

l-'Alem 'almin.
Para sempre em nossa eternidade

Emin.
(Amem)





terça-feira, abril 29, 2008

Livro Dia a Dia com os Heróis da Fé

Leiam este maravilhoso livro de Charles Swindoll




Heróis de verdade. Como você.

Moisés, Ester, José, Davi, Elias, Paulo e outros personagens notáveis da Bíblia poderão acompanhar você diariamente, inspirando pensamentos, palavras, decisões e atitudes com relatos sugestivos e reflexões motivadoras. Você escolhe o melhor momento de se reunir com essas pessoas para aprender a partir de suas histórias de fé e hesitação, coragem e medo, sabedoria e inépcia, amor e ódio, fidelidade e inconstância.

Para intermediar esses encontros, ninguém melhor que Charles Swindoll, um dos grandes conhecedores da Bíblia Sagrada. Nas páginas de Dia a dia com os heróis da fé, Swindoll mostra como homens e mulheres da Bíblia lidaram com situações decisivas em sua vida e em que resultaram suas escolhas. A cada reflexão, ele identifica as experiências do passado com o cotidiano do ser humano moderno, sempre ancorado nos princípios e valores da Palavra de Deus.

Sobre o autor
Charles R. Swindoll é pastor da Stonebriar Community Church, no Texas, onde vive com a família. Autor de diversos livros — inclusive a série “Heróis da fé”, publicada em língua portuguesa pela Editora Mundo Cristão —, é também um conferencista muito requisitado.



quarta-feira, março 26, 2008

Clamar ao Senhor

“NA MINHA ANGÚSTIA CLAMEI AO SENHOR E ELE ME OUVIU” Salmo 120:1

“Embora seja Evangélico, e escreva frequentemente sobre minha fé, nunca aceitei a igreja com facilidade. Algumas vezes, sinto-me fora de lugar dentro dela e tento ajustar-me como alguém que procura fazer com que um paletó de outro tamanho lhe sirva bem”.

PHILIP YANCEY

Esta prerrogativa feita pelo escritor Americano, tem sido feita por muitas pessoas no mundo ocidental, principalmente entre os jovens e menos favorecidos.

Muitos são os motivos que tem levado a igreja de Cristo no ocidente a este estado.

Globalização, dificuldades econômicas e de trabalho a secularização da fé a Teologia Neo-Pentecostal e os termos plurais do dia-a-dia, como cansaço, fadiga, etc.

Tema cada vez mais importante e relevante em qualquer curso de nível superior e cada vez mais importante tão quanto o capitalismo, a globalização tem influenciado as sociedades de tal maneira que as distâncias e diferenças entre as nações tem sido cada dia mais encurtadas. Dada a ênfase que as nações tem se esforçado para que o mundo seja cada vez mais livre de qualquer influência religiosa.

Outro ponto importante sobre as dificuldades com a igreja nos dias de hoje é a tão comentada, e criticada, Teologia Neo-Pentecostal (ou Teologia da Prosperidade), onde o bem-estar do individuo e exigência de fé. Teologia esta que cada vez mais descaracteriza os Cristãos de qualquer outra religião.

Eu acredito muito que Deus Prospera o seu povo, pois é promessa Bíblica.

“...O Senhor, que ama a Prosperidade do seu servo, seja engrandecido”. (Salmo 35:27b)

Mas Cristo também nos alertou sobre as aflições que teríamos no mundo em que vivemos.

“Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais Paz, no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”. (João 16:33)

A Teologia da Prosperidade perde muito de seu valor quando confrontada com as escrituras sagradas em versículos como este.

Mesmo o maior pregador Neo-Pentecostal do mundo estaria mentindo se dissesse que nunca teve um problema.

Ouvindo uma pregação do Pastor Jabes de Alencar intitulada. “É tempo de marchar”.

Resumindo: disse o Pastor que o Deus de Abraão diz-nos para marchar e não olhar para trás, independente dos nossos problemas ou vitórias.

Pois Deus dizendo que os egípcios que eles viam não o veriam mais era para eles Israelitas colocarem sua confiança somente no Deus eterno e não temerem.

O que devemos ter é confiança plena no que Deus tem para cada um de nós.

“Pela fé se move montanhas;

Pela fé se abriu os mares;

Pela fé se viu a Glória de Deus;

“Por amor, Deus nos deu seu Filho”.

A promessa foi dada e cada qual que tiver a fé e dedicação vai receber.

Não devemos nos colocar como obstáculos próprios de uma vitória em um percalço, mas ser perseverantes nos momentos mais difíceis. Não devemos deixar este mundo nos levar a confiança tenhamos fé, esperança e perseverança no Deus de Israel.

“Para qualquer situação, por mais desesperadora que pareça, sempre há algum tipo de consolo”.

(GOLDSMITH)

E o nosso consolo vem de Jesus Cristo, pois a força espiritual que acreditamos não procede de homens, mas vem do alto.

“Expectativa certa de coisas ainda não vistas” Hb. 11:1

Que o Senhor possa estar em seu coração.

Que cada oração que você fizer que os anjos de Deus se jubilem de alegria.

Que a graça do Deus vivo preencha cada vazio do seu ser.

Que o amor de nosso Deus abunde em sua vida.



Glória ao eterno Deus

Relato do irmão André (Fundador do Ministério Portas Abertas)

UM RELATO SOBRE O 1° CONGRESSO MUNDIAL DE EVANGELISMO EM 1966

“...Aconteceu em Berlim, em 1966. Foi um grande congresso, mas eu me lembro apenas de duas coisas.

A primeira coisa que me lembro é dos índios da América Latina que assassinaram cinco missionários.

Lembro-me até dos nomes deles: Comi e Quimo. Eles tinham se convertido, viraram anciões da igreja e estavam sendo entrevistados no palco. Acho que foi a viúva de Jim Elliot que os entrevistou. Uma das perguntas que ela fez foi: Qual o versículo favorito de vocês? Eles responderam sem hesitar: “Diabo vá embora e nunca mais volte!” A versão deles de Marcos 9:25. “Lá estava à essência do Evangelho.”

Esta é uma ênfase importante destacada pelo irmão André, ele se lembrou da simplicidade do verdadeiro Evangelho pelo testemunho de dois Índios independente das dificuldades que eles tinham.

Eles tinham a certeza da fé, pela Bíblia.

Seu segundo relato fala sobre Corrie Tem Boom, cristã Holandesa que durante a segunda Guerra Mundial, sua Família ajudou a esconder muitos judeus dos Nazistas.

“A segunda coisa que me lembro á de outro convidado. Ao entrarmos, nos deram o programa do evento com o nome e currículo de todos os Palestrantes. Teólogos famosos, especialmente os Alemães, estavam entre os principais nomes eu li as credencias dos convidados, todas suas realizações, livros escritos e títulos acadêmicos. Era preciso meia página para descrever a conquistas de alguns dos Palestrantes, era impressionante, mas eu não lembro de uma palavra do que eles disseram.

Ai eu olhei na pagina de convidados ilustres e li: “Corrie Tem Boom: Relojoeira”. Era tudo o que o programa dizia sobre ela. Mas eu me lembro do que ela disse. E recordo-me de andar pelos corredores e salões e ver milhares de pessoas andando. Mas sempre que via uma roda de pessoas em volta de alguém, quem estava no meio era a boa e velha Corrie. Porque as pessoas são atraídas por quem tem uma experiência com o Cristo vivo.” (Extraído do Livro, lições de perseverança – Irmão André- coleção Linha de Frente – Missão Portas Abertas).

Uma grande lição de perseverança, testemunho e vida Cristã, a maior lembrança do irmão André em um Congresso Mundial de Evangelismo não era uma Palestra de um Teólogo famoso, mas a experiência de um testemunho de alguém que não é uma especialista em Bíblia, Corrie Tem Boom tinha um diferencial, tinha uma experiência viva com Deus, mesmo em meio aos tempos difíceis da Segunda Guerra Mundial ela mostrou o amor de Cristo aos que necessitavam. Quem mais foi reconhecido como o que exemplifica o Cristianismo vivo, não foi quem mais tinha uma Teologia correta, mais quem mais mostrou o amor de Cristo.

“E conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus. Efésios 3:19”



Glória ao eterno Deus

segunda-feira, março 24, 2008

A força da Graça

"E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. Filipenses 2.11"

A vida e a graça de Deus esta sobre a vida daqueles que o buscam, dentre aqueles que descansam em sua presença.
Graça: Favor, que se dispensa (da, faz), ou se recebe,
Favor imerecido.
Recebemos do Senhor Jesus sua graça, para confessarmos diante do mundo, o senhorio de Cristo em nossas vidas.
Mesmo diante de nossas angustias, sofrimentos e necessidades, devemos coloca-las diante da Crus de Cristo.
A dor o desespero devem ser sempre colocados para fora do coração.
Através de uma oração sincera, pois somente a paz de Cristo pode suavizar uma alma que anseia por uma vida vitoriosa.
Deus esta esperando por aqueles que o buscarem com sinceridade de coração.
"Pois a árvore que não enfrentou uma tempestade não tem uma raiz muito forte".

Glória ao eterno Deus

quinta-feira, março 20, 2008

Dias tempestuosos

O mundo em que vivemos tem ido cada vez mais pelos caminhos de Caim.
A violência a cada dia cresce mais, a mentira, a falta de amor, os vícios, as doenças, a pornografia.
As pessoas cada vez mais se distanciam da comunhão, da simplicidade, do amor Cristão.
Jesus não estereotipo de nada, ele é Senhor e Salvador daqueles que o amam, e o tem como Senhor de suas vidas.
Muito do que se tem pregado hoje em dia, é a teologia da auto-ajuda, prosperidade, mensagens muitas vezes que parecem se baseadas nos heróis da Disney.
Tem se deixado de lado, as Escrituras Sagradas.
Pois como alguém não pode ficar doente em um corpo decaído, que desde seu nascimento tem uma vida que esta fadada a degeneração.
Como não ter problemas financeiros um uma sociedade onde a economia é cada vez mais pautada por crises e especulação e não no desenvolvimento.
Vivemos numa sociedade onde os valores da família, respeito, integridade, estão cada vez mais perdendo o seu sentido.
A frase "você vale o que você tem".
É cada vez mais pautada e aprofundada como supremo conceito de vida nos dias de hoje.
Jesus Cristo disse em Mateus 6:21, "Porque onde estiver o vosso tesouro, ai estará o vosso coração".
Os caminhos de Jesus são os caminhos da fé, mansidão, servidão, sinceridade, este é o lugar que nosso coração deve estar.

Glória ao eterno Deus

Coração do Sacerdócio

...E nos fez Reis e sacerdotes para Deus seu Pai, a ele, glória e poder para todo o sempre. Amém" Apocalipse 1:6

Somos amados de Deus, redimidos em Cristo, somos purificados de nossos pecados, um estado presente.
Pelo domínio presente da Cruz de Cristo.
Somos uma raça eleita por Cristo, e este sacerdócio real, é um chamado (1 Pedro 2.9).
Pois um sacerdote no reino de Israel era um chamado para, pureza, louvor, santidade e sacrifício.
Somente aproveitaremos o poder prometido para evangelização, vitórias, santificação, ter uma espiritualidade mais contundente, a medida que priorizamos e cultivamos nosso culto ao Senhor Deus.
Humildade, mansidão, amor aos desígnios de Deus, pessoa de fé.
que exemplifica aos frutos do Espírito. (gálatas 5.22)
Pois todo ministério e toda ministração quando, ato de fé é recebida no coração de Deus.
Sacerdote real é aquele que anda por fé e não por vista, o que procura primeiro a cura do coração.
O que semeia no reino de Deus com amor.
O que abençoa a vida dos irmãos e até dos seus inimigos.
o que rejeita o mal e o pecado.
Estamos vivendo como nos dias de Noé, e Deus procura verdadeiros adoradores e sacerdotes, para levar a sua palavra aos pobres e oprimidos.
Ao reino da graça e salvação aos perdidos.

"Assim o sacerdócio de Cristo, é feito verdadeiramente nesta Terra."

Glória ao eterno Deus

quarta-feira, março 19, 2008

A CADA ANO

"cada ano novo é um oceano não mapeado e desconhecido" A.W. Tozer

Assim descreveu este grande pastor do começo do século passado, sobre o que vai mover a nossa vida, a cada ano novo.
Muitas vezes queremos conduzir a nossa vida de acordo com nossas vontades físicas e espirituais.
Acreditamos nas promessas de Deus, mas normalmente queremos que Deus cumpra sua vontade ao nosso modo.
"Guardemos firme a confissão da nossa esperança, pois fiel é aquele que fez a promessa" hebreus 10:23.
Deus em sua fidelidade faz do tempo o seu instrumento de ensino.
O tempo para José foi uma escola de 13 anos até ele ser exaltado.
Para Calebe foi uma esperança de 40 anos até recebe-la.
Como disse a esposa de Billy Graham. "Se Deus tivesse respondido todas as minhas orações a meu modo, eu teria me casado com outro homem".
Se Daniel Berg e Gunnar Virguen tivessem desistido, por causa da perseguição e por muitas portas fechadas, talvez hoje não existiria a maior denominação evangélica brasileira a Assembleia de Deus.
Deus tem a seu tempo o cumprimento.
Cabe a nós a esperança e a confiança em seus desígnios.
As armaduras da oração devemos vesti-las todos os dias de nossa vida.
Mas a batalha é Senhor Jesus Cristo.

Glória ao eterno Deus

Alma e Oração

" A oração é o suor da alma" ( Martinho Lutero"

"O Senhor não deixa ter fome a alma do justo...(Provérbios 10: 3a)

A dedicação de uma alma vivente a Deus, que somos cada um de nós, o sopro da vida que esta em cada coração que se apresenta diante de Deus.
Muitas vezes temos ouvido e aprendido sobre o que é a oração, sobre como Deus recebe a oração de cada um de nós.
Cada dia, tenho aprendido mais e mais, que orar é muito mais do que dizer palavras a Deus.
Nossa alma e nossa oração significam varias coisas.
"A vida é sua alma
sua personalidade é sua alma
sua mente é sua alma
seus desejos e sentimentos interiores são a alma de uma vida
uma alma agonizante diante de Deus é um caminho para receber de Deus, a resposta de um pedido, de um agradecimento e de uma intercessão" Autor desconhecido.

Osvald Chambers escreveu:
"A oração é a maneira pela qual alimentamos a vida de Deus em nós".

E o que é alimentar a vida de Deus em nós?

É buscar o conforto diante do trono de Deus, em meio aos grandes problemas que vivemos nestes dias nefastos que estamos vivendo hoje.
É alimentar nossa alma da palavra de Deus, para ter forças e poder diante de tantos males físicos e espirituais que enfrentamos.
É suplicar a Deus o seu perdão diante de tantos pecados e erros que cometemos.
É lembrar-nos diariamente que Deus é santo e somente nos prostrando diante dele que vem o reconhecimento de tantos coisas que fazemos e dos atos que praticamos.
É interceder por uma vida, por uma alma.
É cada vez mais, procurar se desfazer de si mesmo e viver mais a verdadeira face do Senhor em nós.
é suplicar o verdadeiro perdão, que vem de Deus.

"Se você não obtém tudo o que pede, é porque o Salvador pretende dar-lhe algo melhor" (anônimo).

Glória ao eterno Deus

Portanto Ide e fazei discipulos...

A passagem bíblica conhecida como grande comissão missionaria, Mateus 28: 18,19,20,
demonstra Jesus chegando aos seus discípulos, primeiro ele distinguido a eles que os poderes do céu e da terra foram primariamente dado a ele (Versículo 18), O servo humilhado é agora Senhor exaltado, tendo recebido a autoridade prometida em (Daniel 7.14).
Após isto ele então ordena a todos os seus discípulos para a pregação do suas boas novas, o ensino e o batismo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.(Versículo 19).
Enquanto o ministério de Jesus foi para Israel (Ver Mateus 10: 5-6), a proclamação e adesão a sua autoridade estende-se a todas as nações. os discípulos devem reconhecer abertamente sua lealdade a Cristo através da agua do batismo, que é ministrada sob a autoridade de Deus.

Dinâmica do reino.

28.18-20 - Comissionados sob o chamado do rei, como o tema de Mateus é Cristo como rei, não é de surpreender que a incumbência final de Jesus aos seus discípulos reflitam sua perspectiva global ao ensinar a vida e princípios do reino ("reino") esta palavra aparece mais de 50 vezes em Mateus, Jesus guia seus seguidores a pensar, viver e orar para que seu reino alcance todo o planeta ( Mateus 6.10), No capitulo 13, suas parábolas ilustraram a expansão global do reino (Versículo 33).
Quando seus discípulos começaram a ministrar, ele lhes disse para pregar em todos os lugares " "O reino de Deus esta chegando", depois, antes de sua ascensão, o Rei deu a grande comissão, esta incumbência máxima de ir a todas as nações ordenava que o ensinamento e a pregação procurassem trazer todas as nações ao, seu Reino (Mateus 28.18-20).
Profeticamente ele prevê que o fim somente chegaria quando "este evangelho do reino", fosse pregado "em todo o mundo"(Mateus 24.14), "Nações" ( do grego ethne), significa "grupo de pessoas", hoje em dia há cerca de 22.000 no mundo. (Versículo 28.20).
O conteúdo dos ensinamentos futuros dos apóstolos se originaria do que Jesus lhes havia ordenado, Jesus lhes assegura da sua presença constante, enquanto eles seguem para a missão divinamente ordenada.

Glória ao eterno Deus.

segunda-feira, março 17, 2008

Herança das Nações

"Pede-me e eu te darei as nações por herança e os confins da terra por sua possessão" Salmo 2:8

Mateus registra que Jesus Cristo reconheceu este poder quando comissionou os discípulos a fazerem discípulos de todas as nações ( Mateus 28: 18-20).
e nós como igreja e herdeiros desta comissão o que temos feito?
vivemos num tempo em que o que importa são os mega-templos, grandes e imensas igrejas, mas o mundo jaz no maligno.
vivemos num tempo em que muito se fala em prosperidade e exigir de Deus, mas muitas almas, estão indo para o inferno e a igreja o que faz para resgatar estas almas?
vivemos num tempo em que cada dia se apresentam uma novidade cristã.
mas cada dia mais a igreja não é tão diferente do mundo.
Vivemos num tempo de apóstolos, bispos, doutores, reverendos, mestres, verdadeiros corporativistas e pescadores de aquários.
mas cade os simples servos?
vivemos num tempo de um cristianismo de dois lados.
o lado essencialmente religioso, cheio de regras e deveres, onde o amor e a misericórdia de Deus, são deixados de lado.
e o lado totalmente prazerosos onde a prosperidade e a felicidade humana, estão acima dos deveres de seguir a cruz de Cristo.
vivemos num tempo onde o evangelho da obediência cega, sem relevância é cada dia mais pregado.
Vivemos num tempo de donos de igrejas, em que os egos são maiores, que o "Rei dos Reis e Senhor dos senhores".
Vivemos num tempo em que são pregados mensagens e sermões em que se declaram que somos "sócios de Jesus", ainda não achei isto em minha Bíblia.
Que temos que exigir as coisas de Deus, que as bênçãos vem de acordo com os nossos dízimos e ofertas.
vivemos num tempo em que "Deus é dez, Deus é fiel, Deus é mais, Deus é isso e Deus é aquilo".
Vivemos num tempo em que a igreja tem se esquecido que Deus é Santo.
vivemos num tempo em que nossa santidade vem medida pela nossa aparência, e não pela nossa vida de fé.
Num tempo em que a ajuda "aos aparentados na fé", existe apenas da boca para fora.
Ninguém ama mais que ai seu próprio nariz nos dias de hoje.
Vivemos dias de grandes festas, mas não temos mais tempo para ficarmos sozinhos diante de Deus.
Vivemos num tempo em que o espírito do mundo lança sementes profundas no seio da igreja, e os "santos" se calam e não se mexem.
Vivemos num tempo em que viver apenas da fé e da graça de Deus, já não é tão importante, pois temos sempre que receber alguma bênção aos olhos do mundo.
Muitos versículos e verdades bíblicas, já não tem tanta importância nos dias em que vivemos como estes:

Mateus 6: 2,3 e 4
"Quando pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens, em verdade vos digo que já receberam o seu galardão.
Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a tua direita.
Para que a tua esmola seja dada ocultamente e teu pai, que vê em secreto, te recompensara publicamente".
Parece que a igreja de Deus se esquece a cada dia mais do seu grande papel para com aqueles que precisam de pão, de ajuda e de misericórdia.
pedimos que Deus faça aquilo que nós devemos fazer, como Tiago deixa bem claro, em sua epistola.

Tiago 2: 15,16 e 17.
"E, se o irmão ou irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano, e algum de vós lhes disser: ide em paz, aquentai-vos e fartai-vos, e não lhes derdes as coisas necessárias para o corpo que proveito dai?"
Assim também a fé, se não tiver obras, é morta em si mesma".
As escrituras são claras em mostrar que as nossas obras, mostram a autenticidade de nossa fé.
Vivemos num tempo em que compartilhar necessidades é vergonha para a igreja e não uma mostra do verdadeiro amor de Deus.
que deve estar em cada um que professa a fé cristã.
O apóstolo João escreveu.

1João 4:89

"Aquele que não ama, não conhece a Deus, pois Deus é amor(caridade)".
Vivemos num tempo onde os títulos, são maiores que a obra de Deus na vida de cada um de nós.
Não existe mais espaço em nossos cultos para o Sermão da Montanha, em que Jesus fala de mansos, daqueles que tem fome, dos misericordiosos, dos limpos de coração, dos pecadores arrependidos, dos pacificadores, dos que sofrem perseguição, dos injuriados.
Vivemos um cristianismo de exaltação e egoísmo, ficando cada dia mais longe do reino.
Nos esquecemos da oração que Cristo nos ensinou.
"Pai nosso, que estas nos céus, santificado seja o teu nome.
venha o teu reino, seja feito a tua vontade, tanto na terra como no céu.
O pão nosso de cada dia dai-nos hoje, perdoe-nos as nossas dividas, assim como aos nossos devedores.
e não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal, porque teu é o reino, e o poder, e a glória para todo o sempre amém (Mateus 6: 9 a 13).

Devemos primariamente santificar o nome de Deus, pois foi assim que Jesus iniciou a oração do Pai nosso, e não apenas com petições, mas interceder pelos outros, pelos inimigos,
Pedir que venha o o reino, e que sempre seja feita a vontade divina acima de todas as coisas.
Que a igreja verdadeira esteja em cada um dos que professam a Cristo.
Todos os dias, para que chegue o tempo da gloriosa volta de Cristo.

Glória ao eterno Deus.




ESTUDO BÍBLICO SOBRE MISSÕES

ESTUDO BÍBLICO SOBRE MISSÕES

“Mas recebereis virtude do Espírito Santo, Deus há de vir sobre vós, e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até os confins da terra”. (Atos 1:8)

1:8- O Plano e Promessas finais de Jesus em cinco referências do Novo Testamento, Jesus incube diretamente seus discípulos a ir e pregar o evangelho a todo o mundo (Mt. 28:18-20; Mc. 16:15-18; Lc. 24:45-48; Jo 20:21-23; At. 1:8). Aqui sua grande Comissão é precedida pela promessa do derramamento do Espírito Santo. A permissão para a evangelização mundial está inseparavelmente ligada a essa promessa. Há uma necessidade obvia de poder se as pessoas perceberem completamente o evangelho. Mas, antes disso, outro assunto aguarda resolução. O Espírito veio para nos convencer a ir. Precisamos do poder de Deus para servi-lo de maneira eficaz, para curar os doentes e para libertar aqueles possuídos por espíritos imundos. Mas primeiro devemos receber a primeira unção.

PODER PARA AGIR – PARA IR ENTÃO ELE DARÁ:

1-Poder para encontrar os perdidos;

2-Autoridade para declarar ousadamente Jesus como o Filho de Deus;

3-Poder para estabelecer sua Igreja local e mundialmente. As fronteiras de expansão pretendidas, estão claras: - Jerusalém (local) Judéia (nacional) Samaria (cultural) e “os confins da terra” (internacional). O último mandamento de Jesus aponta para seu poder e caminhos para a evangelização mundial.

A comissão mundial foi dada a toda a igreja em todas as épocas até o fim dos tempos.

O objetivo único dos cristãos era e é levar os homens ao conhecimento da salvação em Jesus Cristo.

MISSÃO: Palavra proveniente do latim (missio) Transmissão consciente e planejada das Boas Novas do evangelho de Cristo além das fronteiras nacionais e culturais.

O anuncio do evangelho é a maior exposição da vontade divina para toda a humanidade descrita claramente em João 3:16 “E DEUS AMOU O MUNDO DE TAL MENEIRA, QUE DEU O SEU PRÓPRIO FILHO A TODO AQUELE QUE NELE CRÊ, NÃO PEREÇA, MAS TENHA VIDA ETERNA”

Suzana Wesley mãe do grande pregador e fundador do metodismo João Wesley, disse “se eu tivesse vinte filhos, regozijar-me-ia em consagrar todos eles a obra missionária, ainda que fosse co a certeza de nunca voltar a vê-los”.

O grande pregador (João Wesley) sempre dirigia a Deus está oração: “Senhor, não me deixes viver até chegar a ser inútil”. Um grande homem que viveu para missões e a pregação do evangelho. Este é um grande exemplo para a Igreja Brasileira e os tempos modernos, onde muitas pessoas estão dispersas para com a obra de Deus.

George F. Vicedom aproxima-se muito do pensamento Bíblico quando diz: “A Bíblia em sua totalidade designa apenas uma intenção de Deus: salvar a humanidade”.

DEFINIÇÕES SOBRE MISSÕES

Missões é a objetivação Progressiva do Propósito eterno e Benevolente de Deus que se origina em seu próprio ser e caráter e envolve todas as eras, raças e gerações.

Missões é a efetivação Histórica da Salvação de Deus obtida em nome de toda a humanidade através de Cristo Jesus devido a sua encarnação, morte e ressurreição. Oferece o perdão dos pecados, e uma nova e dinâmica vida para todos os que acreditam nele como o eterno Filho de Deus e Salvador da Humanidade.

Missões é a realização prática da obra do Espírito Santo neste mundo em nome do eterno Propósito de Deus e da aplicação efetiva da salvação, obtida através de Cristo Jesus nas vidas de inúmeros Indivíduos, Tribos, Povos e inúmeras Famílias: Dessa forma, missão está relacionada ao Deus Trino e Uno.

A TAREFA MISSIONÁRIA

A tarefa missionária está essencial e supremamente comprometida com o Espírito Santo. Assim como a salvação originou-se no eterno plano de Deus e foi obtida Historicamente na pessoa e obra de Cristo, o eterno Filho de Deus, a administração e efetivação da salvação foram encarregadas ao Espírito Santo. Apenas o Espírito Santo pode tornar real, experimentalmente, a salvação obtida no Calvário.

A TAREFA missionária é feita por fé. Deus ordenou que o cristianismo fosse uma religião de fé. A obra missionária verdadeira e bem-sucedida, portanto, pode ser feita apenas por homens de fé, que conhecem Deus e tem aprendido a se apropriar das promessas de Deus.

A tarefa missionária foi dada por Deus, para que fossemos o sal da terra e a luz do mundo.

UM DISCÍPULO DE CRISTO É UMA PESSOA CRISTÃ:

1-Que vive uma vida de consciência e constante identificação com Cristo:

(a)-na vida, morte e ressurreição.

(b)- em palavras, comportamento, atitudes, motivos e propósitos.

2-Que compreende absolutamente o direito de Cristo sobre sua vida.

3-Que abraça vivamente a salvação de Cristo.

4-Que se deleita no domínio de Cristo.

5-Que vive das fontes permanentes de Cristo.

6-De acordo com o padrão e o propósito de Cristo já estão gravados na mente.

7-Com o objetivo de Glorificar seu Senhor e Salvador.

O CRISTÃO E O MUNDO

O Cristão vive no mundo, mas não é do mundo (Jo 17:14).

Esta primícia dinâmica, deve ser relevante no comissiona mento de cada Cristão.

Pois devemos levar a Cristo em nossas vidas.

Externar nossa fé através das Boas Novas (evangelho).

Em Jerusalém, Judéia, Samaria e até os Confins da Terra.

Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma (Lc. 9:25; Cf Mt. 16:26) o mundo exerce uma atração sobre todos nós, como um suposto tesouro que vale a pena conquistar e possuir. Se Deus fosse tudo para nós, o mundo nada valeria (Tg. 4:4). O famoso filósofo dinamarquês Soren Kierkegaard advertiu, há mais de um século: “no dia em que o cristianismo e o mundo tornarem-se amigos, o cristianismo deixaria de existir”.

Exemplificando as ações deste mundo, C.S Lewis: “Se desse a um transeunte em Londres a opção entre uma refeição num bom restaurante e a garantia de chegar ao céu, seguramente ele escolheria a refeição”.

Compartilhar nossa fé: Por que? Há pelo menos seis razões que nos competem compartilhar nossa fé em Cristo com aqueles que nunca experimentaram uma nova vida em Cristo.

(A)-Porque Deus nos mandou que o fizéssemos as falas finais de Jesus enquanto estava na terra (At. 1:8) e também a Bíblia (Ap. 22:17) falam sobre isto.

(B)-Porque é uma forma de demonstrar nosso amor por Deus. Cristo disse que, se verdadeiramente o amarmos, nós guardaríamos seus mandamentos (Jo 14:15).

(C)-Todos pecaram (Rm. 3:10-23).

(D)-Porque o nosso compartilhar é o método escolhido por Deus para que as pessoas saibam sobre ele. Ele poderia ter usado os anjos, mas não o fez. Somente pecadores redimidos podem contar aos perdidos a respeito de Cristo veja Rm. 10:14-17; At. 8:3.

(E)-Porque Deus deseja que todos sejam salvos (At. 4:12; 2Pe. 3:9; 1Tm. 2:4).

(F)-Porque, um dia alguém compartilhou sua fé conosco. Pode ter sido um professor de Escola Bíblica Fiel ou um Pastor de Deus, ou um Pai, ou Mãe de oração. Em outras palavras, eles têm o direito de esperar que façamos o mesmo em relação aos outros.

EXISTEM NO MUNDO MAIS DE 22.000 POVOS ÉTNICOS, COM MAIS DE 8 MIL LÍNGUAS DIFERENTES.

1)-A Bíblia foi traduzida para menos do que mil línguas no mundo, ou seja, pouco mais de 5% do total de línguas.

-ore para que Deus levante pessoas para trabalhar na tradução da Bíblia em outras línguas.

No Brasil existem estados como Roraima e Rio Grande do Norte com menos de 2% de Evangélicos.

-ore para que Deus levante obreiros para Seara Norte e Nordeste.

Existem no mundo mais de 200milhões de Cristãos perseguidos.

-ore para que Deus conforte, nossos irmãos que sacrificam a sua vida por Cristo.

BASE BÍBLICA DE MISSÕES

1)-Pentateuco

-A Gênesis da Obra Missionária:

“(...) Este te ferirá a cabeça...” (Gn. 3:14,15).

-Abraão, Isaque e Jacó:

“(...) Em ti serão benditas todas as famílias da terra” (ou todas as clãs = todas as etnias da terra) (Gn. 12:3; 26:4; 28:14).

-Deus fala com a nação (Israel):

“(...)Sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha” (Ex. 19:5).

2)-Livros Históricos:

-Partindo as Águas (Mar Vermelho e Rio Jordão):

“Porque o Senhor, vosso Deus, fez secar as águas do Jordão diante de vós...”

Afim quê? “Para que todos os povos da terra conheçam que a mão do Senhor é forte, a fim de que temais ao Senhor, vosso Deus...”,(Js.4:23,24).

-Porque razão Deus permitiu que o gigante Golias desafiasse o pequeno Davi?

“(...) E toda a terra saberá que há Deus em Israel” (I Sm. 17:45,46).

-A Dedicação do Templo Construído por Salomão:

“Também ao estrangeiro que, (...) vier de terras remotas, (...) e orar, voltado para esta casa, ouve tu nos céus, lugar da tua habitação...” A fim de quê? “ Todos os povos da terra conheçam o teu nome...” (I Rs. 8:41,43).

3)-Livros Poéticos:

-Existem mais de 100 declarações nos Salmos sobre o propósito de Deus para as nações. Algumas delas são:

“Pede-me e eu te darei as nações por herança...” (Sl. 2:8).

“Seja Deus gracioso para conosco, e nos abençoe...” Para quê? “Para que se conheça na terra o teu caminho; em todas as nações, a tua salvação (...) e todos os confins da terra o temerão” (Sl.67:1, 2, 7).

“Anunciai entre as nações a sua glória, entre todos os povos as suas maravilhas” (Sl. 96:3).

4)-Profetas Maiores:

-Os profetas chamavam o povo para voltar a visão mundial:

“Olhai para mim, e sede salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro” (Is. 45:22).

“(...) Também te dei com luz para os gentios, para ser a minha salvação até à extremidade da terra” (Is. 49:6).

-Os reis Nabucodonosor e Dario pareciam liberar o Conselho Missionário de seus países, a julgar pela visão e conteúdo de algumas de suas mensagens:

“(...) Eu, Nabucodonosor, levantei os olhos ao céu, (...) e bendisse ao Altíssimo (...).

Todos os moradores da terra são por ele reputados em nada; e segundo a sua vontade ele opera com o exército do céu e os moradores da terra...” (Dn. 4:34, 35).

“Então o rei Dario escreveu aos povos, nações e homens de todas as línguas, que habitam em toda a terra: Paz vos seja multiplicada! (...) Em Daniel; porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre (...). Ele livra e salva, e faz maravilhas no céu e na terra; foi ele quem livrou Daniel do poder dos leões” (Dn. 6:25,27).

-Daniel na cova dos leões:

“Então o rei se alegrou sobremaneira e mandou tirar a Daniel da cova (...). Faço um decreto pelo qual em todo o domínio do meu reino os homens tremam e temam perante o Deus de Daniel; porque ele é o Deus vivo e que permanece para sempre; o seu reino não será destruído, e o seu domínio não terá fim.” (Dn. 6:23, 26).

-Quem influenciou a vida desses homens?

Vejamos o relato de Daniel: “Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha com as nuvens do céu um como o filho do homem, e dirigiu-se ao Ancião de dias, e o fizeram chegar até ele. Foi-lhe dado domínio e glória e o reino, para que os povos, nações e homens de todas as línguas o servissem; o seu domínio eterno, que não passará, e o seu reino jamais será destruído.”

5)-Profetas Menores:

-Deus chamou Jonas para uma outra nação:

“Dispõe-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até mim.” (Jn. 1:2). Deus está preocupado com outros povos.

-Habacuque – Em meio à crise? Olhe para as nações!

“Vede entre as nações, olhai, maravilhai-vos, e desvanecei, porque realizo em vossos dias obra tal, que vós não crereis, quando vos for contada.” (Hc. 1:5).

II. BASE BÍBLICA NO NOVO TESTAMENTO

1.Os quatro Evangelhos:

-Jesus ao purificar o Templo:

“(...) A minha casa será chamada de oração, para todas as nações. (=todas as etnias)...” (Mc. 11:17).

-O nascimento de Jesus e o cântico de Simeão:

“... Porque os meus olhos... salvação, a qual preparaste diante de todos os povos; luz para revelação aos gentios (=etnias)...” (Lc. 2:30, 32).

-A Grande Comissão:

“ Ide (= indo), fazei discípulos de todas as nações (= todas as etnias)...” (Mt. 28:19). Ide é poreutentes em grego, e significa “partir”, “deixar”, “atravessar fronteiras” (Tomas Reginald Houver).

“E que em seu nome se pregasse... a todas as nações (etnias)...” (Lc. 24:47).

2.Jesus Atravessou Diversas Barreiras/Fronteiras:

-A Fronteira Dimensional – a fronteira da própria encarnação:

(a) O nascimento de Jesus foi a encarnação de Deus;

(b) Fronteira da identificação profunda com as pessoas;

(c) Fronteira da aculturação.

-A fronteira do Exílio:

(a) Quando nenê, Jesus teve que ir para o Egito (Mt. 2:13);

(b) Em Atos 8, as pessoas são obrigadas a deixar Jerusalém;

(c) Existem, aproximadamente, 20 milhões de refugiados no mundo.

-A fronteira da Pobreza:

“(...) De Nazaré pode sair alguma coisa boa?...” (Jo 1:46, 47).

“Vinte e seis milhões de pessoas correm risco de morte no Sudão, Etiópia, Somália, Malawi, Angola e Moçambique.”

“Doze milhões de recém-nascidos morrem todos os anos, por causa dos efeitos da subnutrição nos países em desenvolvimento.”

“100 milhões de crianças vão para a cama famintas, todas as noites.”

-A Fronteira do submundo:

Em Mateus 4:12- 25, Jesus vai morar na Galiléia.

-A Fronteira da Geografia da Amargura:

Jesus visitou Samaria. Qual será a nossa fronteira? Quem será a nossa “Samaria”?

-A Fronteira Pagã:

Ele foi a : Fenícia, Gadara (Mt. 8:28), e Cesaréia de Filipe (Mt. 16:13). Jesus aproximou-se dos “inaproximáveis”.

-A Fronteira Sócio-econômico-religiosa:

Marcos 5 nos fala do trânsito.

-A Fronteiras Geográficas:

Em Lucas 4 e Mateus 13, Jesus vai a Cafarnaum: “Galiléia dos Gentios”.

-A Fronteiras Sociais:

Três vezes, Jesus foi à casa de um fariseu (Lc. 7:36; 11:37; 14:1).

Uma mulher pecadora ungiu os pés de Jesus (Lc. 7:37, 38).

-AS Fronteiras Religioso-Culturais:

Fez de um samaritano um herói (Lc. 10:29-37).

Dos 10 leprosos, o único que voltou para agradecer era samaritano (Lc. 17:11-19).

À beira do poço de Jacó, Jesus pregou para uma mulher samaritana (João 4).

3.O Livro de Atos

-Pentecostes:

“Ora, estavam habitando em Jerusalém judeus, homens piedosos, vindos de todas as nações (= de todas as etnias) debaixo do céu.” (Atos 2:5).

-A Pregação de Paulo em Antioquia:

“Porque, na verdade, tendo Davi servido à sua própria geração, conforme o desígnio de Deus, adormeceu...” (At. 13:36).

4.As cartas às Igrejas

-Os quatro “como” de Romanos:

“Como invocarão?... Como crerão?... Como ouvirão?... E como pregarão?...” (Rm. 10:14, 15).

-As Lições de Três Igrejas:

1-Éfeso (30 anos depois) – A igreja que deixou o primeiro amor (AP. 2:1-7).

Amar o Senhor Jesus é o segredo para não perder a visão.

2-Filipos- A igreja que cooperou com o ministério de um missionário.

Cooperação: característica de uma igreja madura. Exemplos de cooperação:

(a)”Dou graças ao meu Deus (...) pela vossa cooperação no evangelho desde o primeiro dia até agora.” (Fp. 1:3-5);

(b)nas tribulações e nas crises (Fp. 1:7);

(c) nas orações (FP. 1:19);

(d) ao enviar Epafroditoum companheiro de lutas (Fp. 2:25);

(e) contribuindo financeiramente (FP. 4:10-20).

3.TessalônicaA Igreja em Ação. Nossa necessidade hoje.

(a) uma vida espontânea: “Porque de vós repercutiu (I Ts. 1:8).

(b)uma vida de dependência: “(...)Não há necessidade de que eu vos escreva...” (I Ts. 4:9).

“(...)Não há necessidade de que eu vos escreva.” (I Ts. 5:1).

(c)uma vida de imitação: Paulo era um pai andando na neve.

BIBLIOGRAFIA

Bíblia de Estudo Plenitude – SBB-2001

Bíblia de Estudo das Profecias – SBB-2001

O Mundo da Carne e o Diabo – vida nova- 2001

Teologia Bíblica de Missões – CPAD- 2000

João Wesley – sua vida e obra – vida -1997

Dicionário Teológico – CPAD – 1996

Missões até a última fronteira – Kaíros – 1998

Base Bíblica de Missões – (Apostila da Missão Avante)