quinta-feira, abril 14, 2016

O mundo, a politicagem e o cristianismo


A César o que é de César e a Deus o que é de Deus.


O mundo politico muitas vezes prega a separação da fé com o compromisso e a vida politica.
Pelo menos o pensamento imperativo da sociedade pós-moderna assim classifica como deve ser o comportamento na área politica.
Mas na realidade o que vemos quase que diariamente é a pragmatização do messias no individuo politico.
Pois nestes tempos de crise politica e econômica que estamos vivendo no Brasil,muito tem se discursado com conotação messiânica e apocalíptica nos rincões de brasília.
Mesmo a presidenta que é comunista declarada tem aceitado as declarações de fé de alguns companheiros.
Muitos políticos que professam a fé protestante tem inflado as bancas e plenários com discursos da mais alta altivez populista.
Pouco realmente tem se aproveitado destes momentos difíceis para que aqueles que se dizem ser os representantes da fé, não tem sido e se comportando diferente dos profissionais da politica.
Desde a formação do estado de Israel que as Escritura Sagradas tem em suas história muitas questões sobe o comportamento dos políticos.

Jesus Cristo deixou uma mensagem bem clara sobre as questões de governo e vida de fé, que as duas são importantes e que se alguém que se declara seguidor de Cristo e se envereda pelos caminhos da politica deverá ter sua vida ilibada.

Quando vemos a situação a que alguns lideres e políticos cristãos se digladiando por terem pensamentos e posições dispares.
Uma conclusão simples é a que sem tem, o interesse pessoal sempre estará acima do bem comum.
E principalmente acima do ensinoque o mestre nos deixou.








Nenhum comentário: