sexta-feira, maio 15, 2009

O Choro de um desesperado

Pensado nas palavras que podem descrever este momento
Desespero, por ouvir as promessas de vitória,
Mas quando saio dali o que acontece?
Parece um momento de revolução na mente, pois o que
parecia ser um alivio e renovação, vem novamente à
realidade o que estava antes.
O desespero, a dor, o que minha vida tem realmente
mudado? Tenho sido o espelho da fé que professo?
Perguntas que não consigo responder, meu coração clama
pela voz do Altíssimo, mas, as minhas atitudes, não
tem revelado a fé que tenho em meu coração.

“Porventura buscareis palavras para me repreenderdes,
visto que as razões do desesperado são como vento? (Jó
6: 26)”

A afirmação de Jó me ajuda a conhecer a minha
fragilidade, pois eu não posso procurar motivos para
justificar os meus atos, eu tenho que me libertar, eu
tenho que acreditar, eu tenho que mudar, mas Deus eu
sou fraco.

“Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na
verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.
(Mateus 26 : 41)”

Muitas vezes é assim, que vem a sensação da vida
cristã, muitos de nossos erros e pecados, vem de uma
falta de vigilância e disciplina de oração, de
palavras e de todas as coisas do dia-a-dia: trabalho,
casa, família, no mundo Globalizado em que vivemos,
onde o ser-humano e o pecado têm mais valor do que
Deus.
Vivemos num tempo de aceitação do pecado, pessoas que
tem uma verdadeira vida em duplicidade.
Um cristão fervoroso nos cultos e trabalhos cristãos,
mas um cidadão desonesto.
Um grande levita e musico na igreja, mas um viciado
fora da igreja, vícios estes não apenas em cigarros,
bebidas, mas viciado em musica, em cultura não
cristão, onde a banalização da fé é cada vez maior, e
isto tem tido reflexo na igreja.
Muitas pessoas tem tido uma vida assim, não conseguem
suprimir o pecado, e se adaptam a situações diárias.

Mas o apóstolo Paulo em sua carta aos Romanos nos da
uma exortação e certeza de uma vitória nas aflições,
pecados, se nos centrarmos na obra salvadora de
Cristo.

Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o
bem. (Romanos 12 : 21)

Realmente, temos que a cada dia lutar contra a nossa
carne que é pecadora, mas através do Espírito Santo,
ter um vida sadia e santa.
Buscando a perfeição em Cristo Jesus.

Nenhum comentário: